14 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Seul

Translate here!

Texto: Mônica Morás     Fotos: Eduardo Viero e Mônica Morás

Antes de viajar, a melhor coisa é sempre pesquisar bem o lugar para não ter surpresas desagradáveis ou perder alguma atração interessante. Quando decidimos conhecer Seul, não fizemos muitas pesquisas, afinal estaríamos com um amigo que já tinha pesquisado tudo e encontraríamos uma amiga coreana lá mesmo. Claro que foi mais fácil, mas nem todo mundo tem essa sorte, por isso, depois do post sobre as 10 Coisas Divertidas para Fazer em Seul, achamos justo fazer as 12 coisas que você precisa saber antes de visitar Seul.

1. Quando ir

O ano todo! Seul é um charme e cheia de coisas pra fazer. Apenas evite ir no começo de março, quando a Coréia do Sul e o EUA se unem para fazer treinamentos militares e isso sempre gera tensão com a Coréia do Norte. Fomos bem nessa época, quando se vê militares por todos os cantos da cidade em clima de atenção geral. Nessa época já não tinha mais neve e a temperatura estava entre -3ºc e 3ºc.

2. Visto

Brasileiro não precisam de visto para visitar a Coréia do Sul e têm permissão de 90 dias para ficar no país. Na imigração é o computador que fala em português o que você deve fazer para a foto, digitais, etc.

3. Aeroporto

Além do guarda-volumes para malas, que também existe nas estações de metro, o aeroporto de Seul oferece chuveiros e algumas opções de tours gratuitos para quem está apenas de passagem entre um voo e outro.

4. Chegando e saindo

O aeroporto de Seul é servido pelo metro que vai até o centro da cidade (mais barato) e por ônibus especial, o limusine bus, que vai até os distritos (o triplo do valor do metro).

5. Transporte

Seul tem mais de 500 estações de metro dentro de uma malha de 980 quilômetros de extensão. Nem preciso dizer que é a maior cobertura do mundo, né?! E ainda existe o T-Money, um cartão recarregável na maioria das lojas de conveniência para usar em todos os meios de transporte da cidade. E as mesmas lojas que fazem a recarga, ainda aceitam ele para o pagamento de produtos e na hora de ir embora do país, elas ainda fazem o reembolso do saldo. E os taxis também são bastante seguros, mas é importante dar o endereço sempre em coreano, porque nem todos falam inglês.

6. Dinheiro e Quanto Custa

Para sacar dinheiro existem caixas eletrônicos específicos geralmente nos lugares mais turísticos de Seul. Tem uma plaquinha nele identificando, então fique atento pra não passar trabalho à toa! É uma cidade cara, onde gasta-se no mínimo 50 dólares por pessoa apenas comendo fast food barato duas vezes por dia, dormindo em lugar simples e pegando metro. Esse valor não inclui cerveja, lanchinhos na rua, souvenir para mãe, nem ingressos para atrações ou passagens aéreas. Só que com esses mesmos 50 dólares dá para encher a mochila de roupas, sapatos e cosméticos novos. Ou seja, para viver é caro, mas para comprar é ótimo!

7. WIFI e 4G

A Coréia do Sul tem a melhor wifi que já usamos até hoje na Ásia (seguido de Singapura). Por isso decidimos que seria melhor e mais barato ter um Pocket WIFI Egg, um roteador que parece um ovo de carregar na bolsa e tem senha. Em Seul todo mundo tem! Essa é a melhor opção quando você não está sozinho, e não quer comprar um SIM Card para cada celular. Dá para alugar pela internet e a pessoa encontra no aeroporto/hotel para entregar e buscar.

8. Segurança e receptividade

Seul foi uma das cidades mais seguras que já visitamos no mundo. As pessoas também são muito educadas e sempre que se abre o mapa e faz uma cara de “onde é que eu to mesmo?”, aparece alguém se oferecendo para ajudar.

9. É uma cidade 24h

Acordar cedo pra quê, né?! Lá tudo vai até mais tarde ou entra madrugada a dentro. São shoppings, bares, restaurantes e lojas 24h.

10. Tele-entrega

Não basta ter tele-entrega, tem que ir onde o consumidor está, seja em casa, no parque, estacionado na rua, em qualquer lugar de Seul.

11. Elegância

Coreanos se vestem para serem aprovados. Eles se importam muito com o que os outros pensam e por isso não se sinta mal se estiver no seu estilo mochileiro em Seul, porque eles vão entender que você só está de passagem.

12. Silêncio

Nem mesmo onde existe uma concentração de jovens universitários se ouve barulho. Nem nos protestos!

13. Quanto tempo ficar

Uma semana é suficiente se você se programar direitinho. Menos do que isso é quase impossível, porque as distâncias podem ser longas de uma lugar para outro.

14. Atrações

É uma cidade muito democrática e tem de tudo para todos os gostos. Lá no post 10 Coisas Divertidas para Fazer em Seul eu explico cada uma das atrações com detalhes e fotos.

  • Palácio Gyeongbokgung e a Troca da Guarda que acontece todos os dias
  • Aldeia Bukchon Hanok, o lugar mais bonito e tradicional da cidade
  • Hongdae, onde estão as universidades Hongik (melhores festas) e Ewha(melhores preços)
  • Itaewon, o bairro mais internacional, mais caro e com os melhores pubs
  • Mercado de frutos do mar Noryangjin, o mais limpo e organizado da Ásia
  • Gangnam, que na verdade fica na Sinsa e onde estão as lojas conceito e galerias de arte
  • Experimentar o tradicional Korean BBQ
  • Experimentar o tradicional Chicken&Beer
  • Dongdaemun Design Plaza (DDP), a construção mais futurista de Seul
  • Compras em Myeong-dong, onde estão os melhores shoppings e Duty Free
  • N Seoul Tower, com vista para a cidade
  • Mercado Dongdaemun para comer comida de rua
  • Museu Nacional, que oferece alguns dias entrada gratuita e vale a pena
  • Outros palácios e Templos, porque são vários espalhados por toda Seul

Gostou das dicas? Sabe mais alguma que deveríamos acrescentar? 
Não esqueça de ver o post sobre as 10 Coisas Divertidas para Fazer em Seul

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS