Na Floresta entre Templos e Macacos

Translate here!

Texto e Fotos: Mônica Morás    

A Floresta dos Macacos é o espaço que sobrou para centenas de macacos em Ubud, Bali. Diariamente hordas de turistas vão até lá ver de perto os macacos que de inocentes já não tem mais nada. Eles aprenderam a conviver com os humanos e tirar proveito disso. Experimente carregar comida com você para ver o que acontece. Eles são espertos e em um piscar de olhos você pode estar sem suas pulseiras, seu óculos de sol ou boné. E nem mesmos os vários guardas do parque poderão recuperar seus objetos roubados. Sim, nós vimos isso acontecer! 

Nós não íamos fazer a foto tradicional com o macaco no ombro, tanto que nem compramos bananas, o principal atrativo deles. Quando passamos por um guarda do parque, o Eduardo perguntou se poderia fazer uma foto do macaco que estava no seu ombro, mas o guarda entendeu diferente e colocou a banana que estava segurando na altura do meu ombro na minha frente. Em segundos o macaco, que não pesava quase nada, já havia me “escalado” e estava confortavelmente sentado no meu ombro concentrado na sua nova banana. Foi uma das sensações mais engraçadas que eu já tive na vida. E com a mesma agilidade e rapidez que ele subiu, ele desceu.

Não pagamos nada além da entrada. Aliás, a parte boa é que todo valor vai para a conservação da floresta e do complexo de templos dela. Uma reserva natural fascinante! Para chegar lá é bem fácil, basta seguir as placas da cidade. Caso não esteja hospedado em Ubud, aproveite um passeio de um dia inteiro para conhecer a Floresta dos Macacos e a cidade. Nós preferimos ir no final da tarde, quando já não estava mais tão quente e não tinha mais tantos turistas. Presenciamos inclusive a volta dos macacos que passam o dia fora do parque. Sensacional! 

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS