Parque das Sequoias - Canela

Hello, World!

 

Texto: Mônica Morás    Fotos: Eduardo Viero

Já imaginou um Parque de Sequóias no Brasil? Pois ele existe, fica em Canela, tem uma área de 10 hectares e ainda é considerado uma das maiores coleções de coníferas do mundo.

Domingo passado resolvemos ir lá e logo fomos recebidos pela proprietária Sra Aglaé, uma senhorinha muito simpática e atenciosa que nos explicou como tudo do lugar e nos deu o mapa das trilhas com um guia científico das espécies que encontraríamos. Bem, o parque tem 60 anos, mas só recentemente foi aberto ao público. Ele tem várias espécies de coníferas de todo o mundo misturadas com plantas nativas da região. Existem varias sequóias, mas a mais bonita de todas fica na entrada da trilha, da espécie sempervirens. Ela pode chegar a 120 metros de altura ao logo dos seus 3000 anos de vida, mas essa por ser jovem esta com 60 anos e uns 35 metros de altura e um diâmetro de um metro e meio. Além disso, o parque tem as metasequoias, arvores que se acreditavam estar extintas ate serem encontradas sementes em geleiras na China junto com mamutes. Visualmente ela parece uma arvore qualquer, mas so de pensar que elas são conhecidas como fóssil e provavelmente so existam no mundo os exemplares do parque, já e emocionante. E as Ginkgo bilobas que tem uma história de mais de 150 milhoes de anos e tem sua historia confundida com a lenda da Phoenix, por ter sobrevivido por tantas mudanças do planeta.

EDU_1122.jpg
EDU_1142.jpg

O parque tem 6 trilhas fáceis de percorrer. Todo o caminho e bem sinalizado, as arvores mais exóticas possuem uma pequena placa indicando a espécie e as trilhas são curtas e planas, o que não exige nenhum maior esforço. No parque também funciona uma pousada onde e possível alugar cabanas. Mas a nossa visita não parou por ai, quisemos conhecem um pouco mais da historia da Sra Aglae e do parque. Descobrimos que existem varias matérias e ate novelas gravadas la, que tem propagandas do parque ate no Museu do Louvre em Paris e que a imensa maioria dos visitantes são alunos biologia e pesquisadores de universidades. O que e de surpreender, pois o valor da entrada e de R$ 5,00, e a localização dele e fácil, próxima da Catedral de Pedra (principal atração da cidade) e inclusive existem três linhas de ônibus passam no parque. É um passeio imperdível para quem visita a serra gaucha.

EDU_1079.jpg
EDU_1084.jpg

image.jpg
image.jpg