Bath - Inglaterra

Daí o ônibus atravessou uma pequena ponte onde embaixo corria um rio ladeado por um jardim deslumbrante, em seguida avistei a torre de uma igreja e quando ele fez a volta na minúscula praça redonda, pude observar que enfim havia chegado a Bath. A cidade é bem pequena, quase impossível se perder, e se o objetivo for visitar os Roman Baths então 1 dia só basta. 

Os Roman Baths eram as antigas casas de banho dos romanos e que até hoje estão preservadas. O ingresso é uma pequena moeda romana e inclui um guia e fones de ouvido em português. Lá dentro estão as piscinas de água termal fumegante, estátuas de pessoas importantes em volta da piscina principal, colunas caprichosamente construídas e calçadas antigas. Numa parte dos caminhos que se percorre por baixo da terra, existe uma piscina que só se vê pelo brilho das moedas jogadas lá em troca de um pedido. 

Logo ao lado do Romans Bath fica a igreja principal, atrás dela a pequena praça de onde sai o ônibus City Sightseeing e onde está a ponte com o rio que eu falei no começo, em frente a ela fica a rua com todas aquelas lojinhas de souvenirs e uma barraquinha de cachorro quente sensacional e baratíssimo. Na rua a direita da igreja fica o mercado municipal que vale ser visitado pelas cores, preços, produtos e pela simpatia do pessoal. O Centro de Informações Turísticas fica a esquerda da igreja.

De Londres até lá dá menos de 2h de viagem. É possível chegar de ônibus (Victoria Coach Station, do lado da Victoria Station do tube) ou de trem (London Paddington, mas na Rail Station que é na frente da do tube). Só tem que ficar atento aos horários de retorno que são cedo. Eu fui pela Anderson Tour (link aqui) e combinei com a visita a Stonehenge.