Humahuaca - Argentina

Texto: Mônica Morás

Ela já foi um assentamento indígena e ainda deu nome a quebrada mais linda de todas (link aqui). Quando chegamos em Humahuaca, nos deparamos com suas ruas de pedra e empoeiradas, mas também com a preservação preservação da cultura: pinturas nas paredes, estátuas de barro e metal, e se acompanhado de um guia, daria para ver interessantes pictografias (pinturas na pedra).

É possível conhecer Humahuaca em apenas 1 dia. Em frente a rodoviária fica o mercado municipal e na rua paralela a ela ficam os artesanatos, que na minha opinião são os melhores de toda a região. No fim dessa rua de duas quadras está a praça municipal onde fica o prédio mais bonito, a prefeitura. No outro lado da praça está a Iglesia de la Candelária, onde há a imagem da virgem talhada em madeira de cardón (espécie de cacto da região) de 1640. E ao lado da igreja existe uma imensa escadaria que leva até o Monumento aos Heróis da Independência e de onde se tem uma vista privilegiada da cidade e da quebrada.

Existem linhas regulares de ônibus norte-sul, além do circular Tilcara – Humahuaca (a cada 40min). A Rodoviária fica na esquina da rua Cordoba com Belgrano. Na rua que corta a rua dos artesanatos existe um restaurante muito bom e barato e onde se contratam passeios pela região.