Casa é Onde Você Quer Ficar

Translate here!

Texto: Eduardo Viero  Foto: Mônica Morás

"Casa é onde você se sente bem e onde você quer ficar."

Home, uma palavra conhecida por todos e que a grande maioria das pessoas procuram encontrar algum dia. Para home, ou "casa", minha descrição seria: "lugar onde você se sente bem, lugar onde você se sente aconchegado, seguro e que você sente parte daquilo."

Quando viajamos sentimos falta da nossa casa, muitas vezes contamos os dias para voltar, porque nos sentimos seguros e bem lá. É um sentimento de alegria e é por esse sentimento que voltamos.

Mas onde fica nossa casa? Geralmente esse lugar é encontrado debaixo do nosso nariz, geralmente é em nossa cidade natal, em nosso país e perto da nossa família e nossos amigos.

Desde meus 18 anos de idade eu viajei para vários lugares no mundo e sempre tive a minha casa como sendo meu ponto de referência para voltar, lugar onde eu me sentiria bem e seguro. Mas agora não sei o que aconteceu, parece que cada que vez que viajo e quando volto para minha casa, não me sinto mais em casa, parece que estou cada vez mais distante e agora vejo que "Casa é onde você se sente bem e onde você quer ficar."

Após 1 ano viajando, volto para o Brasil e pela primeira vez nesses meus 32 anos de idade percebi que não está fazendo diferença eu estar no Brasil ou em qualquer parte do mundo. Percebo que não faço mais parte desse mundo, minha casa eu não reconheço mais, minhas roupas já não servem mais em mim, há coisas que não cabem mais na minha vida. Não estou dizendo isso porque fiz uma viagem de 1 ano, até porque já viajei muito, mas acho que essa última experiência foi muito marcante e me mostrou o quanto eu tenho que conhecer o mundo e ter cada lugar que eu for como minha casa.

Com a idade vamos mudando, com isso percebemos o que é bom para nós e o que não é, e hoje eu já na beira dos 33 anos, acho que já sou um pouquinho grande para distinguir algumas coisas na minha vida.

Ao mesmo tempo que fico triste por não me sentir em casa quando volto pra ela, fico feliz por ver o quanto estou desprendido do passado e de coisas que sempre quis adquirir. Parece que algumas coisas não estão mais fazendo sentido, acho porque minha mente está mais livre para sentir o que me faz bem e o que não me faz.

Um dia eu escutei uma frase que dizia: "Todos nós devemos achar um lugar para viver e também achar um lugar para morrer".

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS