7 Coisas Para Fazer em Um Dia em Cingapura

Translate here!

Texto: Mônica Morás   Fotos: Eduardo Viero e Mônica Morás

 

Existem vários tipos de viajantes. Nós somos do tipo que gostamos de ver o máximo possível gastando o mínimo possível. Em Cingapura, onde tem a maior quantidade milionários por metro quadrado, não foi diferente e aproveitamos para andar bastante a pé e ir descobrindo os lugares durante os 4 dias que passamos por lá. Já até falamos sobre o que Singapura tem aqui no blog.

Só que nem todo mundo tem tanto tempo assim e é por isso que montamos essa sugestão de roteiro totalmente possível com 7 coisas para quem tá em stop-over ou vai passar só um dia em Cingapura. 

 

1. Bugis Street

  • Metro: Bugis
  • Horário: dia
  • Tempo necessário: 30 minutos

Para quem gosta de mercados, Bugis Street é o melhor de Singapura para conseguir bons preços. Tem de tudo made in qualquer lugar barato. Mas se o objetivo não for compras, ainda dá para ver as escadas coloridas em espiral que fica atrás na rua de trás do Bugis Village (233 Victoria Street). E é de Bugis Street que vai para Arab Street.

 

2. Arab Street

  • Metro: Bugis
  • Horário: dia
  • Tempo necessário: 30 minutos

A Arab Street é uma rua que fica a 5 minutos a pé da Bugis Street. É uma rua colorida, com muitas casas típicas de Singapura, lojinhas com produtos árabes e restaurantes.

No final da rua está a Sultan Mosque, uma das mesquitas mais tradicionais de Singapura. Dali, é fácil ir até o Little índia.

 

3. Little Índia

  • Metro: Little Índia
  • Horário: dia
  • Tempo necessário: 1:30 hora (entrada em templos, mercados locais, muitas fotos)

A partir da Arab Street ou Bugis Street em menos de 15 minutos de caminhada já dá para ver a arquitetura ganhando cores mais fortes. O Little Índia é uma região com várias lojas típicas, restaurantes, alguns templos e a famosa e colorida Residência de Tan Teng Niah (37 Kerbau Road).

O Little Índia é bastante organizado, limpinho, colorido e cheiroso (adoro curry!). Vale a pena andar em zigue-zague pelas ruas para descobrir melhor a região. E daqui, é fácil pegar o metro para o China Town.

 

4. China Town

  • Metro: China Town
  • Horário: Antes das 17h
  • Tempo necessário: 2 horas (com almoço e entrada em templos)

O China Town é onde você pode encontrar de tudo um pouco e ainda negociar. É a parte da cidade onde está a maior concentração de turistas em geral, hostels e restaurantes com preços atrativos, principalmente na China Town Food Street.

É nele também que está o templo Budista Buddha Tooth Relic Temple, um templo muito bonito que fecha às 17h.  E na mesma rua South Bridge Road, a uma quadra de distância, está o templo Hindu Sri Mariamman Temple, onde às 18h acontece uma cerimônia bem interessante.

Do China Town ir a pé até o Clarke Quay ou pegar um metro até a estação Bayfront onde está o Gardens By the Bay.

 

5. Clarke Quay

  • Metro: Clarke Quay
  • Horário: Dia e noite pra fotos, noite pra aproveitar
  • Tempo necessário: 30 minutos (sem pub)

Para quem está no China Town, vale muito a pena ir caminhando (10 min) até Clarke Quay, uma das áreas mais agradáveis de Cingapura para relaxar no final de dia.

Ali estão várias opções de restaurantes, pubs e lojas em prédios coloridos que no final de tarde começam a ganhar um charme especial ao acender as luzes. Espere pagar em média 15 Singapura dólares por uma pint.
Ali também fica o famoso e colorido prédio Old Hill Street Police Station (140 Hill Street).

Do Clarke Quay ainda dá para fazer um passeio de barco (caro) pelo canal e ir parando no Boat Quay ou no Robertson Quay, mas dá para ir caminhado ao longo do canal até o Merlion Park e ver as mesmas coisas. Essa caminhada leva 15 minutos se não parar para fotos.

 

6. Merlion Park

  • Metro: Raffles Place
  • Horário: Dia e noite para fotos, noite para aproveitar
  • Tempo necessário: 30 minutos (sem pub)

É onde está o Leão símbolo da Cingapura, o Merlion, e fica do outro lado da baía com vista para o Marina Sands Bay. A noite fica mais bonito quando as luzes já estão acesas. É nos pubs dessa região que você fica dentro do mesmo metro quadrado dos milionários de Cingapura.

Ali do outro lado da baía, atrás do hotel, está a 20 minutos de caminhada o Gardens by the Bay.

 

7. Gardens by The Bay

  • Metro: Bayfront
  • Horário: Dia e noite
  • Tempo necessário: 1 hora (com muitas fotos, sem subir na Skywalk)

É no Gardens by the Bay que estão as famosas árvores futurísticas de Cingapura. Tanto de dia quanto a noite é um espetáculo. Dá para subir (pagando) e andar pela OCBC Skywalk, a passarela entre as árvores.

É dali também que se vê o Marina Bay Sands, o famoso hotel de onde se faz a tradicional foto do skyline dentro da piscina infinita. Do jardim também dá para ver a Singapore Flyer, a roda gigante de Cingapura que fica mais bonita a noite.

 

Para comer

Existem diversas opção de comida e restaurantes, mas o nosso favorito sempre foi o food court ou hawker centre, um espaço grande cheio de pequenos restaurantes estilo bandejão. O preço de uma refeição para o casal sai em média 5 Singapura dólares nesses lugares. Geralmente pedíamos butter chicken com naan.

Mas se você quer experimentar o prato mais tradicional e famoso da cidade, peça o Chicken Rice Singapore, uma arroz branco com frango cozido picado. Em todos os mercados, perto das estações de metro e atrações turísticas sempre tem um food court, afinal os trabalhadores locais também precisam comer, certo?!

 

Transporte

A pé: Cingapura é uma cidade onde as distâncias não são longas e cada rua é uma novidade. Vale a pena ir caminhando para descobrir coisas novas. Lembre-se de usar um calçado confortável. Em um dia em Cingapura você consegue caminhar e sem perceber as distâncias.

Metro: vale a pena quando está muito cansado ou muito calor para caminhar. Dependendo do trajeto, pode demorar mais fazer as conexões entre linhas do que caminhar aqueles 10 minutos entre uma estação e outra. 

Taxi/Uber: são seguros e nem tão caros. Vale a pena a noite e quando tem malas.

Onibus: não usamos, mas dizem que é excelente.

Chegando (e saindo) do aeroporto até o centro de Cingapura

A linha de metro verde faz o trajeto aeroporto centro e centro aeroporto. É a mesma linha que leva até Bugis, a primeira parada desse roteiro de um dia em Cingapura.

Chegando (e saindo) de ônibus em Cingapura

Os ônibus que chegam da Malásia param atrás da estação de metro Lavender, também linha verde a uma estação da Bugis, a primeira parada desse roteiro de um dia em Cingapura.

Cingapura tem muitas outras atrações, como a ilha Sentosa, Orchard Road e museus. Mas essas exigem um pouco mais de tempo e dinheiro e não apenas Um Dia em Cingapura. No post O que Singapura Tem nós contamos como foram os nosso 4 dias por lá. 

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS