As Ilhas de Semporna

Translate here!

Texto: Mônica Morás   Fotos: Eduardo Viero e Mônica Morás

Semporna é uma cidade na pontinha de Sabah, na fronteira marítima com as Filipinas. Ela por si não é o grande atrativo, mas sim as ilhas para as quais dá acesso. Já contamos tudo aqui, desde chegar, ir para as ilhas e sobre a segurança. E também já contamos como visitar os Ciganos do Mar aqui.

A melhor forma de explorar as ilhas é através de tours de snorkeling ou diving, em grupos ou privados (mínimo de 4 pessoas).  Na hora de escolher o tour é importante verificar se existe autorização do dono do barco para navegar e se a taxa ambiental por pessoal foi paga.

Tripulação do Big John

Durante o tour a guarda costeira vai parar parar o barco para verificação e todas as ilhas exigem registro do turista, algumas pessoalmente, como em Bohey Dulang e Sibuan. Parece chato, mas são frequentes os casos de sequestro pelo grupo filipino muçulmano Abu Sayyaf.

Nós fizemos o tour de snorkeling com tudo incluído pelo Big John que foi das 8am até às 17pm. Passamos por quatro ilhas estonteantes de tanta beleza.

 

Bodgaya

É aqui que vivem os Bajau Laut, os ciganos do mar. São pessoas que fugiriam os conflitos das Filipinas, hoje moram em casa de palafita construídas em cima de corais no mar e não tem cidadania malaia reconhecida. Fizemos um post especial sobre eles. A única forma de sustento deles são os turistas que levam doações, a pesca e alguns poucos que conseguem empregos na cidade, mesmo sendo ilegal. `As vezes o governo sequer autoriza as famílias a pescar. O visual é incrível, as pessoas são sorridentes, principalmente as crianças, mas é do tipo de lugar que da um nó na garganta de ver a ansiedade para conseguir pegar alguma coisa para garantir a refeição do dia e a pobreza que impera nas casas vazias. Todos os turistas são avisados para jamais darem dinheiro para ninguém na região, no máximo comprar algo que estejam vendendo ou doar comida, mas jamais dinheiro em espécie, principalmente para as crianças.

VIDEO Tour pelas Ilhas de Semporna

 

Bohey Dulang

É nessa ilha que tem a vista do Tun Sakaran Marine Park. São 600m de subida com o grupo acompanhado de um soldado armado. Não é uma subida difícil, mas o calor e a umidade não colaboram muito. É obrigatório usar tênis, e quem não levar, pode pegar um emprestado no mesmo local onde é feito o registro na ilha.

A vista lá de cima é impressionante. As ilhas Bohey Dulang, Bodgaya e Tetagan juntas formam um semi-círculo que fazem parte de uma antiga cratera vulcânica.

 

Mantabuan

É a melhor ilha para snorkeling. Nas margens da ilha a imagem é desoladora, mas basta se afastar um pouco para que se encontre corais vivos e uma variedade imensa de peixes coloridos.

 

Sibuan

A ilha é minúscula, em menos de 20 minutos caminhando é possível fazer a volta nela. É também a ilha escolhida para aprender a mergulhar. No final de tarde, quando a maré baixa, dá para caminhar pelas estreitas e compridas faixas de areia branca que se emergem em meio ao mar azul turquesa. Destaque para as estrelas do mar que conseguem deixar tudo mais bonito ainda!

Não fomos, mas sabemos que Sipadan é a melhor ilha da Malásia para mergulho e que Mabul além de combinar agua azul turquesa e areias brancas, ainda tem um resort incrível para quem quiser aproveitar mais tempo na ilha.

Existem lugares distantes que merecem ser visitados, Semporna é com certeza um deles!

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS: