Ata de 4 Meses de Viagem

Translate here!

Texto: Mónica Morás

Bangkok - Tailândia, 25 de outubro de 2014

Eduardo e Mônica perceberam que ir para algum lugar com a volta já agendada não é um bom negócio, mas no caso da Indónesia era mais uma questão de visto.

Entenderam um pouco melhor a religião dos muçulmanos, apesar de não concordarem com muitas coisas.

Perceberam que todas aquelas coisas que vendem por preços astronômicos na região de Ubud em Bali pode ser comprado por 20% do preço na beira da estrada próxima do aeroporto internacional.

Eduardo e Mônica foram para Bangkok, um dos seus destinos mais esperados e onde finalmente tiveram conexão de wifi que funciona com rapidez.

Constaram com os próprios olhos que Bangkok não é nada daquilo que Hollywood insiste em mostrar nos filmes. É uma metrópole com todas as coisas boas e ruins, que “a grosso modo” é bem parecida com São Paulo (só pra contextualizar, sem ofensas). E que muitos mochileiros não ousam descobrir quando ficam “presos” na desnecessária Khao San.

Ficaram impressionados com imenso o mercado de final de semana Chatuchak e como design das lojas do Siam Center. Descobriram inclusive que Bangkok é pioneira em design de interiores e ficaram mais fascinados ainda pela cidade.

Foi o primeiro lugar que tiveram uma vida (quase) normal depois que saíram do Brasil, pois passaram de 1 mês na mesma cidade e na mesma casa. Às vezes a rotina pode ser uma coisa muito boa.

Reencontraram rapidamente seus amigos da China e viveram intensamente as 24h que passaram juntos. É muito bom compartilhar ideias com pessoas de quem já se é amigo.

Discutiram bastante e revisaram planos várias vezes durante esse mês.

Eduardo ainda se sente frustrado com algumas coisas que não fez na viagem.

Mônica se sente muito grata pelo que fez na viagem, apesar de tudo.

Eles perceberam que é preciso ter muita coragem para fazer uma viagem tão longa quanto essa. E também perceberam que além de preparação financeira, é necessário haver preparação psicológica para estar disposto a abrir mão de muitas coisas e como um casal, passar tanto tampo juntos.

A viagem tem sido um desafio tanto no bom, quanto no mau sentido. Mas eles têm certeza que está valendo a pena.

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS