Roteiro em Chiang Mai: O Que Fazer Dia a Dia

Translate here!

Texto: MONICA MORAS   Fotos: EDUARDO VIERO e MONICA MORAS

Chiang Mai é daqueles lugares que o tempo nunca vai ser suficiente para ver tudo. Mas a gente tenta! O mínimo de tempo lá no norte da Tailândia é de 3 dias cheios, pois é longe e não vale o desgaste da viagem para passar “correndo”.

Moramos 8 meses na cidade e por isso preparei dicas para ver os imperdíveis em 2 dias bem cheios e a partir do 3 dia você escolhe o que fazer em Chiang Mai dentro do seu tempo disponível.

Sim, pode alterar a ordem dos dias, o importante é entender o que dá para fazer por dia.

Lá no post GUIA COMPLETO DE CHIANG MAI tem detalhes de cada lugar. 

Antes de começar, baixe o aplicativo de mapas grátis e off-line Maps.me. Assim você vai conseguir pinar os lugares e entender melhor as distâncias.

roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia

 

DIA 1: CONHECER OS TEMPLOS

DURANTE O DIA

  • Subir o Templo Doi Suthep

O templo Doi Suthep fica no alto da montanha e é a principal atração de Chiang Mai. Já na estrada uma escada protegida por guardiões leva até templo. Lá dentro existem várias estátuas de Buda, algumas estátuas de dragões e elefantes , uma estupa dourada imensa, uma pequeno museu e o templo onde o monge faz orações e abençoa os visitantes. Ele sabe falar bom dia em português, quando dissemos que éramos do Brasil. Ainda lá do alto, se o dia estiver limpo, dá para ver a cidade inteira. Para chegar lá você precisa pegar um songthaew (red truck) privado por 400 Bath ou ir até o Chang Phuak Gate de onde saem os yellow trucks públicos que custam 50 Bath por pessoa até lá. Ou ainda alugar uma scooter. O Foi Suthep é uma das coisas que tem que fazer no roteiro de Chiang Mai. O tempo necessário no templo é de 2 ou 3 horas, na base da escadaria existem várias lojinhas de souvenirs e se você não quiser subir as escadas, existe um elevador pago. A entrada no templo é paga e você precisa estar com joelhos e ombros cobertos parar entrar nele. Nele também acontecem os retiros budistas do silêncio.

  • Ir até o Wat Umong

É o templo mais verde de todos. Fica no meio da floresta literalmente, nos pés da montanha. Oomong significa túnel , porque o templo de fato é todo feito em túneis construído no século 14. No alto dos labirinto de túneis está uma estupa gigante no único espaço aberto da mata do templo. Ali também há uma espécie de “cemitério” de Budas, onde as pessoas levam seus Budas quebrados ou velhos de volta para o templo, já qe não se pode descartar uma imagem no lixo. Mas ali não estão apenas imagens pequenas, como comumente se vê nos templos e chedis. Lá estão imagens grandes, impressionantes. Esse templo fica fora da cidade, no mesmo caminho do Baan Kang Wat, há 15 minutos dirigindo da Cidade Antiga. A entrada é gratuita, vale a pena caminhar entre as árvores e lá também é feito o retiro budista do silêncio.

  • Percorrer os templos da cidade e conversar com os monges
roteiro chiang mai tailandia

Wat Lok Molee: É um dos templos mais antigos da cidade, lá do século 14 quando foi construído para ser o Templo Real e vale muito incluir no roteiro por ficar praticamente na frente de um dos portões da Cidade Antiga de Chiang Mai.

Wat Phra Singh: É um dos maiores templos-complexo da Chiang Mai e fica dentro da Cidade Antiga. 

Chedi Luang: Esse templo foi construído em 1401 e apesar do terremoto de 1545, o templo continua lá com seus elefantes esculpidos nas laterais. Ele fica exatamente no centro da Cidade Antiga e é onde está o guardião de Chiang Mai.

Wat Si Suphan: O templo de prata é um dos templos mais bonitos da cidade. Ele todo feito de prata e alumínio esculpidos por monges artesãos de Chiang Mai. 

- Veja o post Budismo na Tailândia e o Monge Thap

- Veja o post Como é o Inthakin Festival em Chiang Mai

 

A NOITE:

  • Visitar um Mercado Noturno

Durante a semana tem o Night Baazar, no Sábado o Saturday Market e no domingo o Sunday Night Market. Todos oferecem uma variedade imensa de produtos, mas o melhor continua sendo o Sunday Night Market, quando artesão de várias cidades do norte da Tailândia participam. É uma das coisas mais divertidas de fazer na cidade.

-Veja o post Tudo Sobre a Tailândia: 28 Dicas de Quem Morou Lá Bastante Tempo

roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia

 

DIA 2: CONHECER OS ARREDORES DE CHIANG MAI

DURANTE O DIA:

  • Tour pelo Triângulo Dourado

Acho esse tour mais interessante de fazer em Chiang Mai, porque ele inclui a visita ao Templo Branco e um passeio de barco pelo rio Mekong na fronteira entre Tailândia, Myanmar e Laos, inclusive atravessado até o Laos, entre outras paradas no caminho. A única coisa que não gosto nesse tour é a visita as mulheres girafa ou long neck village.

-Veja o post O Templo Branco da Tailândia

- Veja o Projeto Fotográfico Muay Thai.

A NOITE:

  • Assistir uma luta de Muay Thai

Existem muitas escolas de Muay Thai na cidade e o melhor lugar para assistir as lutas é no Tae Phae Boxing Stadium, onde a maioria dos lutadores dos mais diversos níveis se enfrentam. O ingresso custa 400 bath por mais ou menos 4 horas de lutas. A maioria dos lutadores que estão ali treinam em Pai, uma cidade mais ao norte do país. 

1419146213833.jpeg
roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia

 

DIA 3: ENTRAR EM CONTATO COM A NATUREZA

DURANTE O DIA

  • Tour Outdoor

Esse tour inclui arvorismo na floresta, rafting e bamboo rafting, que navega por um rio tranquilo como se fosse uma canoa.

A NOITE: 

  • Beber alguma coisa num dos pubs do The Harbor

É o lugar favoritos dos estudantes da cidade. Fica atrás da universidade, tem vários bares, restaurantes e festas para todos os estilos, dos mais descolados até o mais refinados. Poucos turistas frequentam o The Harbour.

 

DIA 4: RELAXAR NA ÁGUA

DE MANHÃ:

  • Conhecer o lago Huay Tung Tao

É um lago que fica no pé da montanha do Doi Suthep. A beira do lado existem algumas cabanas para alugar por dia diretamente dos restaurantes. É caro comer por lá. Dando a volta no lado há muito verde e até um templo. A entrada custa 50 bath.

 

A TARDE:

  • Passar a tarde no Grand Canyon Hang Dong

É uma antiga mina que o pessoal adora ir para se refrescar nos dias de calor intenso. Como não é tão grande assim, o pessoal adora pular dele na água.

 

A NOITE:

  • Fazer uma massagem tailandesa completa

Massagem é quase obrigatório na Tailândia e vale cada centavo. Se você não gosta muita da Thai Massage, que consiste basicamente em alongamentos com massagem, você pode tentar a foot massage que geralmente é combinada (pés+ cabeça+ombros).  Existem algumas escolas de massagem na cidade, o curso tem duração média de 1 mês e alguns lugares oferecem hospedagem junto.

-Veja o post Como ir de Chiang Mai para Luang Prabang

roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia

 

DIA 5: COMER MUITO

DURANTE O DIA:

  • Aula de culinária local

Esqueça a dieta se for fazer essa aula, porque você vai comer muito. Existem diversas escolas, mas a mais famosa é a Thai Farm que leva para aprender num sítio onde você mesmo vai colher o que precisa parar cozinhar.

 

A NOITE:

  • Melhor não planejar nada, pois você vai ter comido demais durante o dia.

 

DIA 6: LIVRE

São tantas as opções que não entraram nesse roteiro que é melhor você escolher no Guia Completo de Chiang Mai o que mais fazer, como por exemplo visitar as cafeterias diferentes da cidade, fazer um workshop de trabalhos manuais no Baan Kang Wat, uma aula de yoga e até o retiro Budista do silêncio.

Sim, tem elefantes também. Mas prefiro apenas comentar que se você quiser fazer esse tour, escolha com muito cuidado onde ir.

Veja Dicas Gerais de Chiang Mai e Onde Ficar AQUI.

roteiro chiang mai tailandia
roteiro chiang mai tailandia