Roteiro em Bangkok Passo a Passo: Imperdíveis e Arredores

Translate here!

Texto: MONICA MORAS     Fotos: EDUARDO VIERO e MONICA MORAS

Bangkok é a capital mais quente, literalmente, do Sudeste Asiático. Uma cidade fascinante onde o novo se mistura com o antigo numa perfeição difícil de explicar. Apesar do caos no trânsito, o clima de tranquilidade é o que impera por lá. Não é difícil encontrar cantinhos de silêncio no meio dos lugares mais movimentados.

Moramos em Bangkok mais de 4 meses (na Tailândia foi 1 ano!) e já demos várias de dicas do que fazer na cidade e tudo o que você precisa saber para planejar a sua viagem e roteiro.

Veja também:

roteiro bangkok o que fazer

Ainda falando de roteiro em Bangkok, é justo dizer que, 1 dia é suficiente para ver os imperdíveis da cidade, mas também é necessário explicar a partir de Bangkok é possível conhecer diversas cidades na região em tours de um dia. E todos podem ser feitos de forma independente ou por agência. Considero 3 dias o tempo ideal para ficar em Bangkok. Por isso montei ele passo a passo. 

-Veja o post Melhor Época Para Viajar Para a Tailândia: Clima por Mês

No roteiro por Bangkok, o dia 1 inclui apenas os imperdíveis. A partir do dia 2, são várias atrações sugeridas que você escolhe o que fazer e quando fazer de acordo com seus interesses e tempo disponível. Esse roteiro passo a passo já foi testado e aprovado por 3 viajantes diferentes. Eba!!!

Baixe o app offline Maps.me para pinar os lugares e você nunca se perder. 

roteiro bangkok o que fazer

 

O QUE FAZER EM BANGKOK

 

DIA 1: OS IMPERDÍVEIS DE BANGKOK: Templos, Comida de Rua, Tuk Tuk e Sky Bar

 

Comece indo de Uber/barco/tuk tuk até...

GRAND PALACE: Construído em 1782 e por 150 anos foi Residência Oficial da Realeza. Desntro do complexo, está o templo Wat Pra Kaew onde fica o Buda de Esmeralda, feito de uma única pedra no século. Informações: Ingresso: 500 bath; Horário: todos os dias das 8:30 às 15:30; Vestimenta: ombros, pernas, decotes e barriga cobertos. Há empréstimo de vestimentas na entrada mediante a caução de 400 bath, devolvidos na saída.

Vá caminhando até...

WAT PHO: É o Templo do Buda Reclinado, um Buda de 46m de comprimento coberto por folhas de ouro. Também é conhecido pela escola tradicional de Thai Massagem e serviços excelente. Fica ao lado do Grand Palace. Informações: Ingresso: 100 bath; Horário: todos os dias das 8:30 às 17:00; Vestimenta: ombros, pernas, decotes e barriga cobertos.

Caminhe até o rio e atravesse de balsa para...

 WAT ARUN: O Templo do Amanhecer foi construído no século 19 em estilo Kmer, todo ornamentado em porcelana e flores. Esse templo é o simboliza o nascimento do Período Rattanakosin e a fundação de Bangkok como a nova capital da Tailândia depois de Ayutthaya. Se de dia ele é lindo, a noite ele fica iluminado e mais charmoso ainda. Para chegar a partir do Grand Palace basta pegar a balsa que faz a travessia por 2 bath. Informações: Ingresso: 50 bath; Horário: todos os dias das 8:30 às 17:30; Vestimenta: ombros, pernas, decotes e barriga cobertos.

Volte para o píer, atravesse o rio de balsa e pegue um barco para...

PASSEIO PELO RIO CHAO PHRAYA: Esse é um passeio bem interessante de fazer, pois há não muito tempo atrás a melhor forma de transporte em Bangkok era fluvial, pois não havia metro ou skytrain. Pode ser bem econômico ou até um cruzeiro com jantar especial. O fato é que todas as opções fazem a mesma rota. Aqui você tem 3 opções: pegar um barco privado, voltar de barco público até o píer Saphan Taksin para pegar o barco turístico que vai te levar até o último ponto (Phra Arthit Pier (N13): Kao San Road), ou pegar o barco público direto para a Kao San Road. Eu pegaria o barco público! Informações do barco público: Passagem: 15 bath; Bandeira: laranja. Veja as demais opções aqui, no item 18.

roteiro bangkok o que fazer

Vá de barco até o píer  Phra Arthit Pier (N13) e então caminhe até...

KAO SAN ROAD: Tudo que um turista espera ver na Tailândia, com exceção das praias, está na Kao San e arredores. Tem comida de rua, os espetinhos de escorpiões, restaurantes locais, lojinhas baratas, tuk tuk, comércio de rua, várias agências de turismo, tatuadores que fazem a Sak Yant, caso você queira fazer, mas não se importa em não ser no templo, shows dos mais variados, inclusive o Ping Pong (leia o item 8 desse post) e várias outras coisas. Aproveite para almoçar. Particularmente, é o lugar menos gosto em Bangkok, mas devo admitir que ali tem de tudo. Informações: Negocie tudo!; Se o roteiro em Bangkok tiver mais dias, agende os tours de 1 dia nessa região.

Pegue um tuk tuk (bem negociado!) ou o Uber e vá até...

CHINA TOWN: Desça no China Town Gate. O China Town de Bangkok é o maior do mundo! Aproveite para andar pela Yaowarat Road parando sempre quer der vontade até chegar no Grand China Hotel Bangkok. Com certeza você vai para bastante e desviar a rota às vezes. Informações: Negocie tudo!

Volte para o hotel/Airbnb para descansar, tomar um banho e pegue um Uber para...

SKY BAR DO LÉBUA: É o bar do filme Se Beber não Case. Tem uma vista indescritível da cidade e do rio. Não importa se vai no final de tarde ou a noite, a vista ainda assim é fascinante. Fomos fazer um trabalho lá na temporada de chuvas e quando começou a chover a cidade sumiu na névoa branca. Sem palavras para descrever a vista! Vale a pena! Informações: Horário: 18h às 1h; Ingresso: Se manter bebendo; Vestimentas: smart casual; Idade mínima: 20 anos para o Sky Bar. Para o restaurante Sirocco, crianças acima de 7 anos e vestidas smart casual; Importante: mochilas, bolsas grandes, malas não são permitidos e não há onde deixar.

roteiro bangkok o que fazer

Sobrou fôlego? Pegue um Uber para...

Opção 1: Continuar bebendo

SOI COWBOY: A rua do filme Se Beber não Case, uma rua bem pequena. Não importa se você gosta ou não dessas coisas, vale a visita, especialmente a noite e pela experiência única. É mais seguro, organizado e com melhor qualidade de shows do que toda Pattaya, Silom, Nana ou Khao San Road juntos. Não ouse fotografar! Nada e nem ninguém, nem na rua nem nos GoGo. É extremamente proibido e se você por pego, perde o equipamento (câmera, celular, etc). A maioria dos lugares cobra apenas a cerveja, a entrada é gratuita, mas tem que se manter bebendo parar estar lá. Sim, mulheres também vão; sim, tem casas só de ladyboys; sim, tem Ping Pong Show e a maioria dos lugares é grátis, mas vai acontecendo durante a noite; sim, é um lugar de prostituição.

Opção 2: Festa

RCA: RCA significa Royal City Avenue. É a rua das danceterias e clubes. É considerada umas das melhores festas do mundo. Enquanto Khao San, Patpong e Nana vão perdendo “espaço”, o RCA não para de crescer e ficar melhor. São DJ internacionais em festas que acontecem até mesmo durante a semana. Durante a semana é quando fica mais lotado com o pessoal que trabalha e no final de semana quem toma conta são os jovens na faixa dos 20 anos. Parar chegar lá, só de taxi ou Uber.

Veja também:

roteiro bangkok o que fazer

 

DIA 2: MERCADOS LOCAIS: Tour pelo Mercado do Trem e Mercado Flutuante

Um dia antes você já deve ter agendado esse tour. É possível fazem os dois mercados no mesmo tour. Na Khao San Road existem várias agências.

MERCADO DO TREM: O Mae Klong Market é um mercado onde o trem passa no meio da feira. Tudo acontece muito rápido, o trem passa a centímetros das coisas e pessoas. Quando dá o sinal, os feirantes recuam as mesas e os toldos. Assim que o trem passa, os toldos vão descendo (tipo fazer a ola), as mesas voltam para o lugar e é como se nada tivesse acontecido. Dá para ver o trem vindo, indo e ainda pegar o trem. Veja o post Maeklong, O Mercado do Trem da Tailândia

MERCADO FLUTUANTE: Existem vários mercados flutuantes em Bangkok, mas os mais famosos são Damnean Saduak e o Amphawa. De tradicional já não existe mais nada, mas continua sendo uma experiência diferente andar no barquinho e comprar tudo de dentro dele, negociando inclusive com outros barcos. 

Na volta do tour vá para o hotel/Aibnb descansar, tomar um banho e então pegue um Uber direto ou o skytrain até a Saphan Taksin e pegue o barco grátis para...

ASIATIQUE THE RIVERFRONT:É um mercado noturno a céu aberto que fica nas margens do rio Chao Phraya. Foi aberto em 2012, tem excelentes opções de restaurantes (todos os bolsos), lojas locais, massagem, lutas de Muay Thai e uma roda gigante de 60m de altura. A maioria dos festivais abertos ao público acontecem lá. Informações: Horário: 17h às 24h; Como chegar: o barco grátis faz o trajeto a partir da estação skytrain BTS Saphan Taksin entre 16h e 23h.

roteiro bangkok o que fazer

 

DIA 3: CIDADE HISTÓRICA: Tour para Ayutthaya, a capital do Reino de Sião

Para fazer esse tour, você deve ter agendado ele um dia antes. Na Khao San Road existem várias agências. Mas você também pode fazer sozinho, veja aqui.

AYUTTHAYA: Ayutthaya é a antiga capital do reino tailandês fundada em 1350 e destruída pelo exército de Mianmar em 1767. Durante sua existência foi uma das cidades mais importantes da época com mais de 1 milhão de habitantes. Sua localização era perfeita na Ásia, porque era banhada por 3 rios e navios europeus, japoneses e chineses usavam o porto para o comércio de madeira seca, marfim, peles, seda entre outras coisas. Por sua beleza e imponência, com mais de 1500 templos e 4000 estátuas, a cidade ficou conhecida com a Veneza do Norte. Mas para demonstrar seu poder, o exército birmanes destruiu a cidade e decapitou a maioria das estátuas. Veja o post Ayutthaya, A Capital do Reino de Sião.

Na volta do tour vá para o hotel/Aibnb descansar, tomar um banho e então pegue um Uber, skytrain ou metro para...

SILOM: Desça no Patpong Night Market. Esse bairro tem hotéis, hostels, cafés e restaurantes muito bons. É uma das melhores localizações da cidade em termos de deslocamento. De dia é uma região comum, no final de semana acontece o mercado de rua e a noite vira uma mistura de Khao San Road com Soi Cowboy no Patpong Night Market. Tem mercado de rua, comida de rua, show GoGo, Ping Pong Show, show de sexo ao vivo, rua de pubs gays apenas para homens, etc. Mesmo que você não tenha interesse em aproveitar a noite por ali, existem excelentes opções de restaurantes na Sala Daeng Soi 2 e na Convent Road.

bangkok+tailandia+eduardo+e+monica-3.jpeg

 

DIA 4: CONTATO COM A NATUREZA: Tour em Kanchanaburi

Para fazer esse tour, você deve ter agendado ele um dia antes. Na Khao San Road existem várias agências.

KANCHANABURI: A atração principal da cidade é andar de trem em meio a natureza a partir de uma ponte antiga de ferro sobre o Rio Kwai, construída em meio a mata durante a Segunda Guerra Mundial. O trem passa por várias plantações, pelo rio e a maior parte da paisagem é verde. Muitas pessoas também vão para Kanchanaburi para ter contato com os elefantes como os mesmos tours que acontecem em Chiang Mai. 

Na volta do tour vá para o hotel/Aibnb descansar, tomar um banho e então pegue um Uber ou skytrain para...

SIAM SQUARE: É uma área onde estão os shopping Siam Paragon, Siam Absolut, Siam Discovery, que são os melhores shoppings da cidade, onde está a rua de compras, cinema, luzes a noite e até o Hard Rock Cafe. Informações: Os shoppings abrem às 10am e fecham 10pm.

Caminhe até...

MBK: É o maior shopping da cidade. Tem de tudo que se possa imaginar! Roupas, eletrônicos, moveis, acessórios,  e até luta de Muay Thai nas quartas a noite.

 Pegue o skytrain até...

SUKHUMVIT SOI 11, NANA: A região onde está a estação Nana do BTS é onde estão os melhores (alto nível) pubs da cidade, os hotéis de luxo, feira de rua com produtos eróticos, muitas ladyboys, massagem e muitos restaurantes indianos. O melhor horário parar visitar é a noite, quando as coisas acontecem. Infelizmente em 2017 a Subsoi 11 foi fechada. Era uma pequena “rua” com vários pubs ótimos, como o Stash Bar, Cheap Charlie's (que parecia uma taverna) e Tapas Café.

roteiro bangkok o que fazer

Quer continuar bebendo? Caminhe até...

SOI COWBOY: A rua do filme Se Beber não Case, uma rua bem pequena. A maioria dos lugares cobra apenas a cerveja, a entrada é gratuita, mas tem que se manter bebendo parar estar lá. Sim, mulheres também vão; sim, tem casas só de ladyboys; sim, tem Ping Pong Show e a maioria dos lugares é grátis, mas vai acontecendo durante a noite; sim, é um lugar de prostituição.

 

FINAL DE SEMANA: Mercado de Final de Semana Chatuchak

Se tiver Sábado e Domingo no seu roteiro em Bangkok, inclua uma manhã ou tarde no...

CHATUCHAK: O maior mercado da Tailândia que só acontece nos finais de semana, sábado e domingo. Tem de tudo espalhado por vários setores. A qualidade e os preços são ótimos! O Chatuchak é tão sensacional que todos os amigos tailandeses dizem o mesmo: "se quer surpreender um estrangeiro, leve ele até o Chatuchak!" Se tiver precisando de algo, certamente vai achar lá. Informações: Horário: Sábado e Domingo das 6h às 18h; Como chegar: MRT Kamphaeng Phet, BTS Mo Chit mais 5 minutos caminhando ou Uber.

***Para saber custos em Bangkok, como se prevenir de golpes, melhores para onde ficar, transporte de avião, metro e taxi e compras, veja o post Guia Completo de Bangkok: O que Ver, Fazer, Saber e Onde Ficar

 

DIA EXTRA: Wat Bang Phra e a Sak Yant

Se você for fazer a Sao Yant, a tatuagem feita por monges, programe 1 dia inteiro para isso, mesmo que que ocupe apenas a manhã. Veja o post Sak Yant: Significados e Como Fazer Uma de Graça

roteiro bangkok o que fazer

 

PARA ONDE IR DEPOIS DE BANGKOK

SE GOSTA DE MONTANHA

  • Chiang Mai: cidade linda e antiga
  • Pai: relaxar
  • Sukothai: cidade histórica 

SE GOSTA DE PRAIA

  • Koh Samui: lua de mel
  • Koh Tao: mergulho
  • Koh Phangan: full moon party
  • Koh Lanta: relaxar 
  • Railay / Tonsai: trilhas
  • Koh Phi Phi: A Praia, o filme (tour em português aqui)
  • Koh Lipe: relaxar

CAMBOJA

roteiro bangkok o que fazer

TODOS OS POSTS DA TAILÂNDIA

 

GOSTOU? Então compartilha com os amigos!

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS