12 Coisas para Saber Antes de Viajar para o Uruguai

Texto: MONICA MORAS  Fotos: EDUARDO VIERO

Antes de viajar para o Uruguai é melhor saber algumas informações úteis que vão te ajudar a economizar tempo e dinheiro. Dicas que vão desde quando ir, que moeda levar, opções de economia, como montar um roteiro que faça sentido e tantas outras dúvidas que surgem quando a gente começa a planejar a viagem.

Casa Pueblo

Lá no Guia Para Viajar Pelo Uruguai: Dicas e Roteiros já dei várias dicas, mas agora é hora de aprofundar o assunto e ajudar a viajar para o Uruguai sem estresse.

1. DÁ PARA VIAJAR APENAS COM RG

Não precisa ter passaporte para viajar para o Uruguai, basta o RG. Não vale CNH (certeira de habilitação), tem que ser o RG mesmo. Mas fique ligado, porque ele precisa estar em bom estado de conservação e não ter mais de 10 anos da data de emissão. Vale para fronteira por terra, ar e mar.

2. DÁ PARA LEVAR REAIS

Dá sim para levar apenas reais para o Uruguai. Mas se tiver dólar, vai ser melhor. Alguns lugares aceitam reais na hora do pagamento, principalmente nas cidades maiores. Mas ainda assim é melhor pagar tudo em pesos Uruguaios, principalmente se você vai dirigir pelo país. Você faz câmbio lá mesmo quando chegar no Uruguai.

Dicas práticas:

  • Não troque dinheiro no aeroporto, porque lá vai sair muito caro, e também não troque tudo de uma única vez, caso seu roteiro inclua cidades maiores como Montevidéu, Colônia e Punta del Este.
  • Nem todas as cidades tem ATM  (caixa eletrônico). 
  • Na alta temporada tudo é muito caro, mais do que no Brasil. Gastamos em média 16 dólares por cama, 3,50 dolares por refeição e mais o transporte em janeiro. Lembrando que somos de Porto Alegre.
  • Pagar restaurante com cartão dá de 18% a 25% de desconto na conta até abril de 2018. Em maior de 2018 essa regra muda e passa a ser 9% devolvido na fatura do cartão.
  • Se comprar alguma coisa, peça o formulário de Tax Refund, pois são 14% que dá para pegar de volta na saída do país, independente se for por ar, mar ou terra.

Montevidéu

3. DÁ PARA VIAJAR PELO URUGUAI DE ÔNIBUS

Viajar pelo Uruguai de ônibus é muito fácil e barato. Nós fizemos tudo de ônibus e foi só ficar atento aos horários.

A COT e Rutas del Sol são as companhias que tem os melhores horários para viajar pelo país. É um país muito fácil de viajar e os preços são iguais em todas as companhias. No link das companhias dá para pesquisar horários e valores, mas a compra da passagem deve ser feita na rodoviária.

A partir de Porto Alegre: Se você quiser ir para as praias de Rocha (Punta del Diablo, La Pedrera, La Paloma), você sai de Porto Alegre de ônibus até o Chuí do Brasil,  atravessa a fronteira para Chuy do Uruguai e lá pega o ônibus para o destino uruguaio. Se preferir ir direto para Montevidéu ou Punta del Este, tem um serviço de ônibus direto de Porto Alegre, da rodoviária pela TTL. Somos gaúchos. Mas também confira os valores no site Busca Ônibus

Colônia do Sacramento

4. DÁ PARA IR PARA BUENOS AIRES RAPIDINHO

Chega a ser tentação saber que dá para ir e voltar de Colônia ou Montevidéu para Buenos Aires. Dá inclusive para ir por uma e voltar por outra. Fomos de Colônia de ferry e voltamos para Montevidéu de ferry+ônibus, porque a passagem é mais barata. Passamos o final de semana.

Fomos pela Colônia Express que sempre tem promoções se comprar lá direto no guichê, melhor do que Buquebusque também tem promoções se comprar no guichê. Para um day trip, tem que comprar passagem um dia antes e sair bem cedo. Ambas desembarcam no Porto Madero, mas em pontos diferentes.  Leia: Guia de Bairros de Buenos Aires: Atrações e Onde Ficar

Colônia do Sacramento

5. DÁ PARA VIAJAR DE CARRO (ALUGADO OU O SEU)

Se você gosta de liberdade, então é melhor alugar um carro. A CNH (carteira de habilitação) brasileira é aceita, sem necessidade da carteira de habilitação internacional. Recomendo muito para quem vai ficar mais tempo em Punta del Este, já que muitas coisas são mais afastadas, como a Casa Pueblo, Piriápolis e Jose Ignácio.

Se você for entrar de carro no Uruguai, não esqueça de fazer o Seguro Carta Verde, pois é obrigatório. Fale com a sua seguradora antes, pois talvez você já tenha a Carta Verde e nem saiba.

Outra dica importante para quem viaja de carro, é saber que os pedágios aceitam apenas pesos uruguaios. Tenha sempre pesos uruguaios para pagar os pedágios. E faróis acesos!

La Pedrera

6. VÁ NA TEMPORADA CERTA

O Uruguai não é um país barato de viajar e nem tem verão como o Brasil. A alta temporada no Uruguai é de janeiro até o carnaval no Brasil. Nessa época os preços tendem a ser bem mais altos e as temperaturas variam entre 18ºC e 30ºC com muito vento frio (igual o nordestão do RS) e sol muito forte.

Se no verão as temperaturas são amenas com ventos que muitas vezes obrigam a usar um casaquinho, no inverno o frio é rigoroso e as praias, incluindo Punta del Este ficam praticamente fantasmas. Se você quer relaxar e beber um bom vinho, essa é a temporada perfeita. Colônia do Sacramento é linda também no outono com as folhas secas.

Cabo Polônio

7. DESCONECTE SE QUISER

O Uruguai é pequeno e por isso muito fácil de andar até mesmo em Montevidéu. Se você vai ficar pouco tempo e não precisa ficar conectado o tempo todo, use apenas o mapa off-line do aplicativo Maps.me para pinar os lugares e economizar o plano de dados. Todos os restaurantes tem wifi grátis.

Mas se você faz questão de ter internet, um chip custa em média 15 reais e você precisa colocar créditos a partir de 10 reais, que já é o suficiente para uma viagem curta. E no caminho é só recarregar se for necessário. A operadora mais conhecida é a Antel.

No aeroporto tem wifi, então fica fácil chamar um Uber ou o Cabify e economizar o valor do taxi, que chega a ser quase o dobro. Eles apenas vão pedir para não esperar perto dos taxis.

La Paloma

8. TOMADA E VOLTAGEM

No Uruguai a tomada é de 3 pinos grossos alinhados, diferente do novo padrão brasileiro, o que não é um problema se os seus aparelhos são de dois pinos. Caso não sejam, recomendo levar um adaptador. O mesmo vale se você comprar algo no Uruguai, já compre um adaptador para as nossas tomadas brasileiras. A voltagem é 220v, fique atento!

9. MACONHA É LIBERADA SÓ PARA OS LOCAIS

A maconha foi legalizada no Uruguai, mas isso não significa que virou uma Amsterdã. Turistas não são autorizados a comprar, portar e nem consumir maconha no Uruguai, e se forem pegos portanto, comprando ou consumindo, serão presos. Nem mesmo se comprar a erva numa farmácia, onde nesse caso até mesmo o dono do estabelecimento será preso.

Mercado del Puerto

10: PARRILLA, VINHO E ALFAJOR: GASTRONOMIA URUGUAIA

Comida sempre é um problema na viagem, porque ou é ruim ou cara. No Uruguai é cara, mas é boa demais! Só de pensar dá água na boca. A comida mais barata é a milanesa, um bife frito com um acompanhamento que geralmente é batata frita ou salada. E também tem o chivito que é parecido com um xis (do RS) ou um bauru e vale a pena sempre pegar a porção para 2 pessoas, porque sai mais barato e é muito bem servido.

Se você quer economizar, compre coisas prontas nos mercados e padarias, pois custa bem mais barato e tem a mesma qualidade. No mercado uma água de 500ml custa 1 dólar, um sanduíche de milanesa custa 3,50 dólares. Já no restaurante baratinho, daqueles bem baratinhos, uma milanesa custa 6 dólares e um chivito para 1 pessoa custa 10 dólares. Pagar restaurante com cartão dá de 18% a 25% de desconto na conta (válido até abril/2018; em maio/2018 passa a ser 9%).

Mas se você quer “cair de boca”, não deixe de provar o doce de leite uruguaio (pontos pro Conaprole!), comer muitos alfajores que vendem baratinho até no mercadinho da esquina (o Milka é imbatível!), beber vinho local num restaurante charmosinho de Colônia e de preferência acompanhado de uma autêntica parrilla, o churrasco uruguaio. Detalhe: na parrilla não vai sal, então você precisa pedir o saleiro.

Se você gosta também de peixe, opções não faltam, principalmente no Mercado del Puerto de Montevidéu. Mas se a ideia é cozinhar, o preço do peixe fresco no mercado matinal do porto de Punta del Este é excelente para qualidade oferecida. Em Punta del Este também tem ótimas opções de paella de frutos do mar e algumas que ainda misturam frango.

E se bater a fome durante o dia, procure uma padaria ou mercadinho e pegue umas empanadas (tipo pastel assado) de presunto e queijo ou um cone de doce de leite. Além de ser barato, é fácil de achar! Vale para o pancho, um pão com salsicha no estilo hot dog americano.

Punta del Diablo

11. DÁ PARA FALAR APENAS PORTUGUÊS

O Uruguai fica tão pertinho do Brasil que lá vale mesmo é o portunhol para nós brasileiros, mesmo o idioma oficial sendo espanhol e castelhano, com muitas similaridades com a forma que se fala no RS. O sotaque deles é leve e os uruguaios se esforçam para recebem bem os brasileiros. Mas a política da boa vizinhança e a educação não impedem de falar algumas palavras em espanhol, como as básicas hola, por favor e gracias.

12. HORÁRIOS

Os uruguaios são pessoas pontuais e com tradições antigas, como a famosa cesta, o cochilo da tarde. Muitas coisas ficam fechadas entre 13h e 16h, às vezes 17h, e depois abrem até tarde. Mas se não fecham de tarde, às 18h fecharão. Portanto se você precisar ir no mercado, fique atento aos horários de funcionamento.

Punta del Este

Agora sim ficou fácil planejar a viagem e montar o roteiro. Se ainda tem dúvidas do que fazer e quanto tempo ficar no Uruguai, veja o nosso Guia Para Viajar Pelo Uruguai: Dicas e Roteiros, nele tem onde ficar em cada cidade. 

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. Ou parcelar em até 12x.

 

12 Coisas para Saber Antes de Viajar para o Uruguai

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS