Cabo Polônio: Guia Para Visitar a Reserva Ecológica Uruguaia

Translate here!

Texto: MONICA MORAS    Fotos: EDUARDO VIERO

Cabo Polônio é uma pequena reserva ecológica no Uruguai dividia por duas praias, escondida por grandes dunas de areia e protegida por um farol. E como se não bastasse, ainda é uma das maiores colônias de leões marinhos da América do Sul. Lá não tem energia elétrica e o que poderia ser sinônimo de precariedade, se transforma num ambiente alternativo com opções que hoje são quase raras de encontrar. 

Veja também GUIA PARA VIAJAR PELO URUGUAI: DICAS E ROTEIROS

Um dia em cabo polônio

Fomos para passar o dia e mesmo com muita expectativas, nos surpreendemos. A beleza natural é fascinante, diferente do que se vê normalmente na costa Uruguaia. Os leões marinhos ficam nas pedras que encontram o mar, fáceis de serem observados de cima das pedras que rodeiam o farol, sem necessariamente subir nele.

Se a vista de baixo é incrível, com uma paisagem estonteante com casas coloridas, verde que parece irreal e pedras caprichosamente esculpidas pelo vendo, de cima deve ser melhor ainda! Mas para nosso azar, que no final virou sorte, o farol estava fechado por causa do forte vento e da tempestade que se aproximava rápido e nos pegou no meio do caminho. Um banho de chuva de verão de lavar a alma e dar medo de estragar as câmeras, que também ficaram encharcadas. Mas o que poderia ser ruim, foi ótimo! A chuva deu cor, vida e clima para esse lugar tão isolado do país. Lá no final do post tem todas as fotos! 

As praias de Cabo Polônio

Em Cabo Polônio existem duas praias, a do norte e a do sul. A do sul, Playa Sur, é onde o caminhão vai costeado a reserva e todo mundo desembarca. A água é clara e clara, apesar de ser sempre fria. Já a praia norte, Playa Norte, tem rochas, água escura e mar agitado. Ali é onde estão os surfistas e onde tem o maior movimento. 

Não existem ruas na reserva, mas não é nada difícil de andar. De dia tudo é fácil de localizar por pequenas trilhas já marcadas na terra. Durante a noite é o farol que guia os caminhantes. 

cabo polonio uruguai

O que comer

Tudo é bastante rústico em Cabo Polônio. Ali são servidos todos os tipos de comidas e lanches fáceis de preparar, como pizzas, massas, sanduiches e bolinhos fritos. Não espere muitas variedades, pratos elaborados ou culinária típica uruguaia. 

Leve dinheiro em espécie, pesos uruguaios, já que não tem caixa eletrônico na reserva. Os restaurantes fecham no horário da sesta, portanto leve o seu lanche se bater a fome durante a tarde ou se quiser economizar, já que os preços são mais altos, em média 200 pesos, mais caros do que o padrão do Uruguai, que já é caro. 

Leia também:  12 COISAS PARA SABER ANTES DE VIAJAR PARA O URUGUAI

Vai passar a noite em Cabo Polônio?

Como o clima é bem roots, sem energia elétrica, então aproveite para ver as estrelas, já que não existem outras interferências de luzes. Para ver o por do sol, vá para Playa Sur. E se você quer interagir numa clima descontraído, tem Luau com fogueira, música boa e gente interessante no Lobo Hostel Bar. 

Cabo Polônio é acessível apenas caminhando 7km pelas dunas de areias fofas ou chacoalhando dentro de uma caminhão 4x4, tipo pau-de-arara, durante 20 minutos. Apenas algumas pessoas são autorizadas a morar no parque que tem controle até mesmo para entrada de animais.

Não há energia elétrica, apenas solar, e nem água encanada. Mas existem muitas opções de hostel e alguns restaurantes para aproveitar o clima roots de isolamento, principalmente se a ideia for desconectar do mundo por um período. Cabo Polônio nos surpreendeu e certamente entrou para a nossa lista de lugares que voltaríamos.

Onde Ficar e Quanto Tempo

Cabo Polônio é uma reserva natural bem pequena e mais procurada para passar o dia ou quer desconectar. Se está apenas de passagem, um dia é suficiente. Nós fizemos day trip a partir de La Paloma e seguimos para Punta del Diablo, tudo de ônibus. Existem muitos hostels em Cabo Polônio e nesse link você confere as opções de hospedagem. Se reservar através dos nossos links (no nome do hostel), você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a seguir viajando. 

  • LOBO HOSTEL BARÉ good vibes, a galera alternativa, tem luau, tudo simples. Só o dormitório é bem pequeno.
  • GREEN HOUSE HOSTELTem redes, terraço com vista, dormitórios e quarto para duas pessoas, tudo simples, tem energia solar. Só que fica a 500m do centrinho, o que acaba sendo mais afastado para andar a noite. 
  • VIEJO LOBOÉ o hostel mais fácil de identificar na Playa Sur, já que o telhado é pintado escrito hostel. É bem pequeno, mas aconchegante, bem decoradinho e as pessoas são gente boa. Só que no inverno é melhor levar uma cobertinha extra. 
  • LA POSADAEssa é uma pousada de “luxo” para os padrões locais. Quartos privados com varanda e rede, quartos para família, boa localizaçnao e chuveiro de água quente. Só que é caro.  

Se você ainda não sabe bem como escolher hospedagem econômica, leia Como Escolher um Hostel: Guia para Iniciantes

Estrutura e Dinheiro

Não há energia elétrica, apenas energia solar e nem água encanada em Cabo Polônio, que é muito pequeno e bem roots. Mas ainda assim tem restaurantes e mercadinhos. Mas não tem ATM (caixa eletrônico), por isso leve pesos uruguaios suficiente para suas despesas de hospedagem e alimentação. Um prato barato sai por mais ou menos 200 pesos. Leve também uma lanterna.

Clima e Temporada

A alta temporada acontece em janeiro quando há o maior movimento e os preços aumentam. No inverno pouquíssimas pessoas se aventuram por lá. Em outubro e novembro dá até para ver as baleias franca austral.

Entrada no Parque Nacional Cabo Polônio

O valor do caminhão é de 200 pesos (ida e volta) e o caminhão sai de hora em hora, mas na alta temporada se está muito lotado, eles saem com um intervalor menor. O pagamento é apenas em pesos e em dinheiro.

Na entrada do parque existe um ATM (caixa eletrônico), um barzinho, o guichê da companhia de ônibus Rutas del Sol e um estacionamento de carros que custa 190 pesos a diária.

Como Chegar

  • CARRO: Cabo Polônio fica a 50km de La Paloma pela Ruta 10, 60k de Punta del Diablo pela Ruta 9 e 10, 105km do Chuí pela Ruta 9 e 250km de Montevideu pela Ruta 9. A diária do estacionamento na entrada do parque é de 190 pesos uruguaios. Recomendo usar o app Maps.me para acompanhar off-line a rota. Não esqueça de fazer o Seguro Carta verde se entrar no Uruguai de carro.
  • ONIBUS: As companhias COT e Rutas del Sol tem algumas opções de horários e itinerários que variam conforme a estação do ano.

Nós fomos de ônibus a partir de La Paloma e saímos para Punta del Diablo.

Vai Para Onde

  • LA PALOMA  e LA PEDRERA ficam a 50km. Dá para fazer bate e volta se sair cedo.
  • PUNTA DEL DIABLO fica a 60km com ônibus não tão frequentes, mas se sair cedinho, dá para fazer day trip.
  • MONTEVIDEU fica a 250km e tem ônibus não muito frequentes.
  • CHUI fica a 105km com ônibus não muito frequentes.

Veja também GUIA PARA VIAJAR PELO URUGUAI: DICAS E ROTEIROS

FIQUE LIGADO!

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito você pode pagar em até 12x sem juros.

VEJA TODOS OS POSTS SOBRE O URUGUAI

FOTOS: Nosso 1 dia em cabo polônio, URUGUAI

 

Cabo Polônio: Guia Para Visitar a Reserva Ecológica Uruguaia

 
cabo polonio uruguai
cabo polonio uruguai
cabo polonio uruguai
cabo polonio uruguai

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS