Salinas Grandes, o Salar da Argentina

Texto: MONICA MORAS  Fotos: EDUARDO VIERO

Salinas Grandes é um salar no norte da Argentina, a terceira maior salina do mundo. São 525km² de área entre Salta e Jujuy, na região dos Andes, a uma altura de 3.450 metros acima do nível do mar com sal na espessura de 10 a 50cm. Em época de chuvas, forma uma lâmina d’água de até 30cm que produz uma visão inigualável do lugar. 

É em salinas que é possível fazer aquelas fotos divertidas de perspectiva, geradas pela grande distância do horizonte. Para falar a verdade, é bem estranho estar num lugar que tira a noção de espaço e o senso de direção. Para onde quer que se olhe, só se vê céu e sal. 

A orientação que recebemos ao chegar lá era de se proteger do sol (protetor, óculos escuros, etc), afinal é um lugar que reflete inteiro. Também não caminhar rápido, nem correr, nem pular por causa da altitude que não estamos acostumados, apesar de termos usado as folhas de coca que o guia nos entregou. Seguimos apenas a primeira regra, óbvio! Eu sinceramente não sei quanto tempo ficamos por lá, mas fizemos muitas fotos e rimos descontroladamente uns dos outros pelos resultados. 

Fora a parte divertida, vem a dica: é um lugar com pouquíssima estrutura, portanto leve o seu lanche e água. E também se engana quem acha que é tudo branquinho, limpinho. De perto o sal é até bem sujinho! Mas na foto não aparace. 

COMO IR PARA SALINAS GRANDES

A chegada a Salinas Grandes é por uma estrada sinuosa e linda, atravessando o Abra del Infiernillo onde o ponto mais alto é de 4.170 metros acima do nível do mar. Depois, a estrada desce um pouco e chega a um ponto onde a paisagem parece ter neve, mas no chão, e não nas montanhas.   

TOUR: Nós optamos por fazer um tour a partir de Salta para Salinas Grande que incluía uma parada em Purmamarca pela Agência Turismo La Posada. Nosso tempo era curto e o custo benefício compensou. Essa excursão custa 1100 pesos argentinos (jul/18). 

TAXI: A partir de Purmamarca você pode pegar um taxi para te levar e trazer. Purmamarca fica a 72km de Salinas Grandes, por isso, pergunte no hostel qual seria o valor justo ara negociar ou se indicam um motorista.

ÔNIBUS: É possível fazer de ônibus, mas é também bastante arriscado. Você vai precisar pegar um que faca rota entre Purmamarca e Jujuy e descer na estrada. O problema é que não tem ônibus sempre (horários) e nem todos os dias. Tenha certeza dos horários dos ônibus de ida e volta. 

ONDE FICAR

Nós ficamos em Salta no Hostal Prisamata. Mas a melhor base para fazer esse passeio de forma independente é de Purmamarca. Algumas sugestões de hospedagem em Purmamarca são: La ValentinaHostal Inti Kay e o Las Vicuñas Apartments se quer um pouco mais de conforto e um bom restaurante (vale a pena!). 

Se você, como nós, não tiver planos de ir tão cedo para o Salar de Uyuni na Bolívia (pelo preço, e tempo), o Salinas Grandes é uma ótima escolha. 

FIQUE LIGADO!!!

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros. 

VEJA TODOS OS ARTIGOS DA ARGENTINA

PIN IT :) 

 

Salinas Grandes, o Salar da Argentina

 

JÁ CONHECE O NOSSO FACEBOOK?

VEJA MAIS