O Que Fazer em Casablanca em 1 Dia (ou na escala de horas)

Translate here!

Texto: MONICA MORAS    Fotos: EDUARDO VIERO e MONICA MORAS

Casablanca é a cidade mais populosa do Marrocos e não é a capital do país. De todos os lugares que visitamos, foi a cidade com a arquitetura mais próxima da Europa que vimos, o que foi bem supreendente. Foi por Casablanca que a nossa viagem de 15 dias pelo Marrocos começou, assim como a de muita gente que voa pela Royal Air Maroc. Se você for fazer apenas escala e ela for longa, com umas 8 horas, até compensa dar um volta pela cidade.

UM DIA EM CASABLANCA OU ALGUMAS HORAS DE ESCALA

Eu diria que 1 dia em Casablanca ou até mesmo algumas poucas horas são suficiente para ver a cidade, já que ela é muito mais comercial do que turística.

1. MESQUITA HASSAN II

A atração principal de Casablanca fica por conta da Mesquita Hassan II, a segunda maior mesquita do mundo e a única aberta aos não muçulmanos no Marrocos.  A mesquita Hassan II foi construída na beira do mar, ostenta minaretes que ultrapassam os 210 metros e é riquíssima em detalhes nos mosaicos marroquinos. A visitação é guiada, custa 12 euros e acontece sempre que fecha um número de turistas para o guia.

casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos

2. VER O MAR

Ver o mar, não necessariamente entrar no mar. É interessante parar em algum café e aproveitar o clima. Os preços são bem razoáveis e a paisagem compensa bastante, ainda mais se estiver perto de algum clube.

3. MEDINA

A medina de Casablanca é o lugar mais bagunçado da cidade. O assédio é tão grande que chega a ser chato, mas não deixa de ser um lugar interessante de visitar. Dali já dá para ter uma noção do que as outras cidades tem a oferecer em termos de produtos. No entorno da medina é muito interessante de observar a arquitetura que lembra bastante as construções europeias, bem diferente do resto do país.

casablanca marrocos
casablanca marrocos

4. RICKS CAFÉ

Atualmente é o segundo lugar mais visitado de Casablanca por causa do filme que leva o mesmo nome. Na verdade o filme não foi feito ali, o restaurante é apenas uma réplica do que Hollywood criou em seus estúdios. O restaurante é muito bom apesar de sempre estar lotado de estrangeiros e ter preços bem inflacionados. Vale a experiência somente se você realmente assistiu o filme e consegue entrar no clima do lugar. É necessário fazer reserva na alta temporada.

CHEGANDO E SAINDO DO AEROPORTO

A forma mais segura de chegar ou sair do aeroporto é de trem. Ele parte/ chega do subsolo do aeroporto e custa muito barato. A conexão é rápida até o centro da cidade na estação Oasis, a mesma que tem trem direto para Marrakech. Como nós chegamos com um tour pelo país já agendado, nosso motorista estava nos esperando. Essa é outra forma segura e por vezes até mais cômoda de conhecer a cidade. Taxi só em último caso, já que eles tem a péssima fama e mania de cobrara mais dos estrangeiros.

TRÂNSITO E IMIGRAÇÃO EM CASABLANCA

Fazer trânsito ou imigração em Casablanca é um estresse. É demorado, a revista olha detalhadamente tudo que tem na bagagem de mão (sim, eles abrem e olham tudo) de todo mundo, passa por alguns vários raio x e ainda tem que responder várias vezes as mesmas perguntas. A parte mais rápida é a passagem pelo oficial da imigração que dá o carimbo. Portanto pense muito antes de fazer uma escala curta. E pense também sobre sair do aeroporto considerando o tempo até conseguir sair e o tempo que precisa para voltar e pegar seu voo.

casablanca marrocos

DINHEIRO

O dinheiro do Marrocos é o dirham e por isso é fácil fazer câmbio a partir de euros. Troque alguns euros por dirhans no aeroporto, pois poucos lugares aceitam cartão internacional no Marrocos todo. Nem mesmo no aeroporto é fácil achar algum lugar que aceite cartão. Nós levamos dólares e não sentimos dificuldade na hora do câmbio nas cidades maiores.

No geral tudo é razoavelmente barato no Marrocos. Uma refeição num lugar simples custa em média 30 dirhans, num restaurante mais chique, ultrapassa os 100 dirhans sempre.

ONDE FICAR

Em Casablanca existem opções para todos os gostos e bolsos. Se você só vai passar a noite, o lugar mais fácil é o Ibis na frente da estanco de trem que leva para o aeroporto e Marrakech. Como nós estávamos com motorista do nosso tour pelo país, escolhemos ficar perto da medina e restaurantes no Hotel Maamoura

CUIDADOS EM CASABLANCA

  • Não descuide dos seus objetos pessoais. Ninguém vai te atacar, mas batedores de carteiras estão por todos os lados.
  • Cuidado com os taxis! Eles sempre vão pedir mais do que é o correto e você vai ter que negociar. Cuidado também com a rota para não ser levado parar onde não quer ir. Saiba sempre a média de valores do seu hotel até onde você quer ir, só assim é fácil negociar. Indo e vindo do aeroporto é mais fácil, seguro e barato de trem.
  • Atenção com pessoas legais demais, porque toda a ajuda é cobrada.
  • Negocie absolutamente tudo até chegar num valor justo. Negociar faz parte da cultura marroquina, então não tenha vergonha de barganhar.

Passamos apenas uma tarde e noite, e nossa experiência geral em Casablanca foi boa, mesmo sendo a cidade menos interessante que visitamos no país todo.

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%.

casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos
casablanca marrocos

 

JÁ CONHECE NOSSO FACEBOOK?

VEJA MAIS