O Que Fazer em Berlim: 16 Atrações Imperdíveis

Texto: MONICA MORAS @monicamoras  Fotos: EDUARDO VIERO | @eduviero 

Berlin já era uma cidade que se destacava antes da queda do muro, mas agora é seguramente uma das capitais mais interessantes de se visitar na Europa. Apesar do seu passado e arquitetura marcante, nos últimos anos ela vem ganhando um pouco de vida com modernidade com edifícios altos e modernos, e alguns até de vidro.

Dizem que Berlim não representa a Alemanha, e eu devo concordar. É uma cidade cosmopolita, criativa, que atrai milhões de visitantes e que representa uma nova fase da Alemanha, mais alegre, hospitaleira, descontraída e, às vezes até, ousada. Bem diferente daquela Alemanha de cara marrada que se vê pelo resto do país. 

A capital alemã tem fama de ser o centro europeu da cultura e não é difícil entender depois de contar a Ilha de Museus, as suas três casas de opera,  Orquestra Filarmónica, os cinemas e teatros, o Festival Internacional de Cinema, três universidades, quatro escolas de belas-artes e os 250 centros universitários de pesquisa. Berlim tem uma variedade de atrações turísticas, vida cultural e é muito aberta ao novo. 

Portão de Brandeburgo

PARA ENTENDER BERLIM

Durante a Segunda Guerra Mundial, Berlim foi quase completamente destruída por bombas e ainda dividida em duas partes. Os aliados ficaram com a parte ocidental onde ficavam os bairros tradicionais, enquanto os soviéticos ficaram com a parte oriental, onde ficavam os bairros da antiga cidade imperial. 

O símbolo de Berlim Ocidental são as ruínas do Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche, demolido por um bombardeio inglês, em 1943, e que hoje em dia, um símbolo de paz. A leste, fica o Portão de Brandemburgo, o prédio de Reichstag e o que restou do Muro de Berlim. Na antiga parte oriental, a avenida mais importante é a Unter den Linden, que vai do Portão de Brandemburgo ao local onde ficam os pontos mais interessantes, como o Museu de História Alemã, o Deutscher Dom, o Museu Hugenotten e o Museu Altes.

Hoje, quase 30 anos depois da queda do muro, Berlim vive uma nova era. É uma metrópole em movimento que atrai artistas do mundo todo, num clima criativo. Um coisa é certa: a arte está sempre presente me Berlim. Você vai ver arte nas galerias e nas paredes em vários lugares da cidade. 

Reichstag

Reichstag

O QUE FAZER EM BERLIM

16 Atrações Imperdíveis

Berlim tem muitas coisas para fazer, mas separei só as mais importantes que cabem num roteiro de 3 dias. Pine todas as sugestões no Maps.me, o aplicativo off-line e gratuito que traça rotas a pé e de metro. Comece o primeiro dia pelo Portão de Brandenburgo e sinta-se livre para caminhar. No segundo dia, finalize o que faltou. No último dia faça apenas Street Art com East Side Gallery, o Muro de Berlin e arredores, e o bairro Friedrichshain que é cheio de murais como no RAW-Gelände. Prefiro deixar livre, porque assim você decide quais museus vai visitar.

Monumento aos Judeus Assassinados na Europa

  •  MONUMENTOS E IGREJAS

1. PORTÃO DE BRANDEMBURGO: Nenhum monumento em Berlim é tão conhecido como o Portão de Brandemburgo. Foi construído entre 1789 e 1791, e fica na Pariser Platz, no centro da cidade. Mas ficou impossível passar pelo portão durante 28 anos, quando construíram o Muro de Berlim em 1961. Hoje é símbolo da reunificação e do passado e presente da cidade. 

2. O QUARTEIRÃO DO GOVERNO: Os prédios do governos são uma combinação harmoniosa entre tradicional e o novo, como se pode observar no Bundeskanzleramt, a Chancelaria Federal, por exemplo. Daqui se vê o Reichstag, onde está o Parlamento e uma das maiores atrações da cidade, por causa da sua imensa cúpula de vidro. 

Muro de Berlin na Esat Side Gallery

3. O MONUMENTO AOS JUDEUS ASSASSINADOS NA EUROPA: Esse monumento é uma prova dos crimes hediondos que tiveram origem em Berlim. São 2711 monólitos sobre uma área de 19 mil metros quadrados. Ali está exposta a perseguição e o extermínio dos judeus. É um lugar que precisa ser respeitado por tudo que representa. 
4. MURO DE BERLIM: Mesmo depois da queda do muro, algumas partes ainda estão de pé. A mais longa tem mais de um quilômetro, é conhecida como East Side Gallery e foi transformada num enorme mural a céu aberto, com pinturas de 118 artistas. Tem até um pequeno escritório para carimbar o passaporte provando que você esteve ali. 

5. BERLINER DOM: A Catedral Berliner Dom é a maior de Berlim, um centro da religião protestante da Alemanha, e uma das igrejas mais importantes do país. Foi construída entre 1894 e 1905 inspirada pelo Renascimento italiano e pelo Barroco. Horário: todos os dias 9h-19h; Entrada: 7 euros
6. IGREJA KAISER-WILHELM-GEDÄCHTNIS-KIRCHE: Essa igreja foi inaugurada em 1895, e é uma obra neo-romana com elementos do gótico e mosaicos e esculturas de artistas famosos. Um bombardeio destruiu a igreja em 1943, e então as ruínas da sua torre se tornaram num monumento e, mais tarde, símbolo do lado ocidental da cidade. Em 1961, foi inaugurada a nova igreja, que é famosa pelas paredes azuis de vidro e pela acústica no seu interior.

Berliner Dom

  • MUSEUS

Considere comprar o Museum Pass Berlin que dá acesso aos museus sem custo extra e durante 3 dias consecutivos. Ele custa 29,00 euros (valor de dezembro/2018). 

7. MUSEUMSINSEL, A ILHA DOS MUSEUS:Tem este nome por abrigar cinco museus renomados mundialmente. Declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1999, a Ilha dos Museus foi concebida para ser um lugar dedicado a arte e a ciência. O Altes Museum abriga a coleção de artes da família real da Prússia. O Neus Museum abriga coleções sobre a Pré-História, História Antiga, Egito Antigo e o busto da rainha egípcia Nefertiti. 

Alte Nationalgalerie exibe coleções do Impressionismo, Romantismo, Neoclassicismo, Biedermeier e início do Modernismo. O Bode-Museum abriga uma coleção de esculturas, Arte Bizantina, além de uma grande coleção de moedas. 

Já o Pergamonmuseum é o mais famoso e mais visitado museu de Berlim, e abriga uma coleção magnífica com destaque para as estruturas da antiguidade exibidas em tamanho original como o Altar de Pérgamo, o Portão do Mercado de Mileto, a Porta de Ishtar, e a Fachada de Mshatta.

entrada em cada um dos museus é de 10 euros, mas você pode comprar um ticket único de um dia para entrar em todos por 18 euros. Horário: 10h-18h de terça a domingo.

Alte National Galerie

8. MUSEUM HAUS AM CHECKPOINT CHARLIE: Pela cidade toda são visíveis as marcas no chão de onde o muro estava. Um dos lugares mais interessantes de visitar é o Chekpoint Charlie, um dos pontos de encontro da zona Oriental e Ocidental e onde se deu um dos momentos mais fortes com o confronto dos carros de combate entre aliados e da então União Soviética. 
Museum Haus am Checkpoint Charliefoi inaugurado logo em 1962, pouco após a construção do Muro, no posto de fronteira Checkpoint Charlie. O museu mostra uma exposição permanente sobre a história do Muro de Berlim e muitos outros temas, desde a polícia secreta da RDA até o movimento de oposição, a resistência e a queda do Muro em 1989, além das dificuldades pelas quais os cidadãos passaram e os métodos que utilizavam para atravessar a fronteira. Horário: 9h-22h. Entrada no Museu: 14,50 euros, e para fazer fotos mais 5 euros. 

9. DEUTSCHES HISTORISCHES MUSEUM: O Museu Histórico Alemão tem uma exposição permanente, História da Alemanha em Imagens e Testemunhos, e também diversas exposições temporárias sobre acontecimentos históricos importantes, distribuídas ao longo de quatro andares. Horário: 10h-18h todos os dias. Entrada: 5 euros
10.JÜDISCHES MUSEUM BERLIN: O museu tem exposição permanente e mostra, da Idade Média aos dias de hoje, objetos do quotidiano e obras de arte, fotos e cartas que contam a História da cultura judaica na Alemanha, e mostram como a vida dos judeus sempre esteve intimamente ligada à História deste país. Geralmente tem alguma exposição temporária também. Horário: 10h-20h todos os dias. Entrada: 8 euro.  

Haus Schwarzenberg

  • LUGARES INTERESSANTES


11. HACKESCHE HÖFE
: É considerado o maior conjunto arquitetônico fechado da Alemanha e é Patrimônio Histórico desde 1977. É ali que fica o Haus Schwarzenberg, cinemas, teatros, galerias, pubs e várias lojinhas

12. HAUS SCHWARZENBERG:É destaque em todos os guias turísticos e também um excelente exemplo do pátio de Berlim, mas com um toque moderno. É também o último pátio a permanecer de toda uma área que parecia assim após a queda do Muro de Berlim. Por sorte, o Senado de Berlim concordou em preservar o espaço em seu estado atual para oferecer aos artistas um espaço para sua arte.

13. BERLINER FERNSEHTURM: A torre de televisão de Berlim, a Berliner Fernsehturm, é a estrutura mais alta da Alemanha, com 368 metros, e que foi inaugurada em 1969. Foi construída no centro histórico da cidade, ao lado da igreja Marienkirche, próxima do edifício da Câmara Municipal, Rotes Rathaus, e da Alexanderplatz. No alto de 200 metros das plataformas, a vista é impressionante. 

Berliner Fernsehturm, a Torre de Televisão

14. FRIEDRICHSTADT-PALAST:Aqui que acontece o teatro de revista desde os anos 20. Grandes nomes já passaram por aqui e ainda acontecem espetáculos nesse palácio. 

15. QUARTIER 206:É um centro de compras que reúne grandes marcas de roupas, acessórios e decoração. Mas o lugar é bonito mesmo para ver a arquitetura do local, com prismas de vidro, um átrio mediterrâneo e mosaicos venezianos.
16. RAW-GELÄNDE:Foi uma antiga oficina de manutenção de trens entre os anos de 1867 e 1994. Mas em 1999 foi comprado e transformado em espaços de trabalho de artistas, clubes, bares, cafés e cervejarias que abrigam comida de rua, mercados de pulgas e eventos. Há ainda uma parede de escalada indoor e skate-park nos terrenos cobertos graffiti e street art, assim como todo o bairro no entorno. 

RAW-Gelande

DICAS DE VIAGEM PARA BERLIM

QUANDO IR PARA BERLIM

As estações são muito bem definidas em Berlim e a chance de chuva acontece em qualquer mês. O que você precisa decidir é se quer usar mais ou menos roupa porque no inverno faz bastante frio. 

CHEGANDO EM BERLIM E TRANSITANDO

O sistema de transporte público em Berlim é uma rede extensa e integrada, e o serviço é confiável e frequente. Você pode escolher entre metro, tram ou ônibus. Isso vale também se você está chegando pela estação de trens, do aeroporto ou da rodoviária

Metro em Berlim

O QUE COMER EM BERLIM

Não deixe de provar currywurst que são salsichas fatiadas e temperadas com ketchup e curry, geralmente acompanhadas de batatas fritas. Uma delícia na hora que bater a fome. E também por ter muitos imigrantes turcos, vai ser fácil achar um Döner Kebab, que no Brasil chamamos de churrasco grego. Um tipo de sanduiche com filetes de carne, salada e molho iogurte. Esse é ótimo até para substituir uma refeição. E jamais esqueça que na Alemanha há cinco mil tipos de cerveja diferentes.

ONDE FICAR EM BERLIM

  • MITTE: está localizado bem no centro da cidade, é uma das partes mais antigas das cidade, bonita e rodeada de atrações turísticas. Veja as opções no bairro

  • TIERGARTEN:Fica do lato do Mitte, pertinho do Portão de Brandemburgo e do Reichtag, e é menos movimentado. Veja as opções no bairro.

  • FRIEDRICHSHAIN:É um bairro universitário, com muita street art, galerias de arte, o RAW-Gelände,  bares e opções de hospedagem mais barata. Veja as opções no bairro

É comum encontrar bicicletas para alugar

Agora já da para planejar a viagem para Berlim! 

Ficou com dúvida? Escreve aqui embaixo nos comentários. 

FIQUE LIGADO!!!

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Inclusive na Europa ele é obrigatório (mostrei aqui). Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros. 

JÁ CONHECE NOSSO FACEBOOK

SEGUE NO INSTAGRAM @MONICAMORAS E @EDUVIERO

VEJA MAIS