Onde Ficar em Bangkok: The Yard Hostel

Texto: MONICA MORAS      Fotos: EDUARDO VIERO e MONICA MORAS

O melhor lugar para ficar em Bangkok é o The Yard Hostel!

Eu tenho uma longa história de gratidão e amizade com a equipe do The Yard Hostel. Foi nesse lugar que tudo começou a dar certo na nossa viagem lá em 2014 a partir daquele momento, o ano sabático virou estilo de vida. Sabe sorte de viajante?! A nossa primeira na Tailândia foi aqui!

YARD significa membros da família em tailandês, então o nome não se refere apenas ao jardim lindo que tem nele, mas também a ideia de ser uma grande família. De fato, a maioria dos hóspedes que já veio alguma vez, voltou depois e por isso que eles sempre se referem ao The Yard Family.

 Nossa primeira vez no The Yard Bangkok

Nossa primeira vez no The Yard Bangkok

MELHOR HOSTEL EM BANGKOK E DA TAILÂNDIA

Em 2017 o The Yard Hostel de Bangkok foi premiado o melhor hostel da Tailândia e o terceiro melhor da Ásia, ganharam o Hoscar 2017, certamente o melhor lugar para ficar em Bangkok. Não é à toa que a nota dele é 9.5 no Hostel World , 9.2 no Booking.com  e 5 no TripAdvisor já com 3 anos de existência. E ainda ganhou destaque no The Guardian como The Best Travel discoveries in 2017. 

Sim, eu me orgulho da história desse hostel, porque nós estávamos aqui quando elas começaram. Já contei essa história aqui.

RESERVE THE YARD HOSTEL BANGKOK

 "Tucked away in Ari neighbourhood, our yard is a little oasis for those who want to relax and escape from busy Bangkok."

"Tucked away in Ari neighbourhood, our yard is a little oasis for those who want to relax and escape from busy Bangkok."

O QUE FAZ O THE YARD SER TÃO BOM E PREMIADO?

Na minha opinião é um conjunto de coisas.

PARA QUEM TRABALHA ONLINE: Eu que trabalho online encontrei aqui o lugar  perfeito para trabalhar em qualquer horário, ter tudo com fácil acesso, sossego para me concentrar, wifi que funciona, limpeza e gente interessante para conhecer.

PARA QUEM ESTÁ DE FÉRIAS: Para quem está viajando de férias, é o lugar perfeito para conhecer pessoas interessantes, ter um lugar tranquilo para relaxar depois de um dia exaustivo pela caótica Bangkok ou para voltar depois de uma noite agitada, conhecer mais da Tailândia com os funcionários que são os melhores exemplos de como são os tailandeses: sorridentes, acolhedores, gente boa pra caramba.

PARA QUEM VIAJAR SOZINHA (O): É impossível não se sentir em casa aqui, não fazer parte da família, até para mim que sou o tipo de viajante introvertida, que não falo muito. Inclusive tem muitas mulheres aqui, principalmente as que estão viajando sozinhas e a longo prazo. Já conheci tantas histórias interessantes que precisaria de um post só para isso.

 Wifi ótima pra trabalhar

Wifi ótima pra trabalhar

O MELHOR LUGAR PARA FICAR EM BANGKOK

12 motivos para reservar o The Yard Bangkok

1. QUARTOS

O The Yard Bangkok tem várias opções, desde dormitórios mistos para 4 ou 6 pessoas, quartos apenas femininos ou masculinos (4 ou 6), quartos privados para grupos de até quatro pessoas, para casais com sacada e para duplas também.

Todos com ar condicionado, limpeza diária, cofres com chave grandes o suficiente para colocar praticamente a mochila dentro, lâmpada individual e duas tomadas por cama que não precisam de adaptadores. Só pelas tomadas já tá valendo, porque eu me estresso em lugares que mal e mal tem tomada no quarto e ainda tem que dividir com uma galera.

2. BANHEIROS

Os banheiros são compartilhados fora do quarto, mas divididos em feminino e masculino.

O que eu me sinto segura nesse hostel, é a porta dos chuveiros individuais vai até quase o teto e entre o chuveiro em si e a porta dele, tem uma cortina, para que você possa pendurar suas coisas sem molhar. E sendo mulher e vendo tantos relatos de outras viajantes contando de homens que entraram em banheiros femininos para filmar por cima da porta, isso aqui no The Yard Bangkok não é um problema.

 Quarto privado

Quarto privado

3. SEGURANÇA

Além do que eu falei dos banheiros, o The Yard também é um lugar seguro para ficar e deixar as coisas. Como os quartos são no máximo para 6 pessoas, é mais fácil conhecer quem está com você. Além disso tem o cofre individual e imenso, a porta do quarto só abre com o cartão magnético, e como é um hostel relativamente pequeno, os funcionários sabem quem está hospedado e quem não está. Tipo, pode trazer os amigos para beber aqui (eu faço isso), mas só pode ficar no jardim mesmo. Tem câmeras em todos os corredores também. A recepção é 24h, então não tem estresse nem para o horário de chegar aqui.

4. LIMPEZA

Os quartos do The Yard Bangkok são limpos diariamente, os banheiros também e diferente de muitos outros hostels que eu já fiquei, esse se mantém sempre limpo. É impressionante! 

Fumar só se for no smoking club, um espaço na entrada do jardim que não deixar o vento trazer fumaça para o lados dos quartos.

5. FUNCIONÁRIOS

São as pessoas mais legais, animadas e gente boa que você vai conhecer na Tailândia. Eles estão sempre dispostos a ajudar e de vez enquando ainda chamam para ir junto nos lugares mais locais, tipo shows, pubs, restaurantes. Se duvidar, ainda aprende tailandês grátis só ficando ali no bar.

6. FACILIDADES

  • Tem agendamento de tours com preço pouca coisa maior do que fazer sozinho. Nem vale a pena estressar, melhor agendar direto. Palavra de quem economiza sempre.
  • Chama taxi, liga para loja, agenda passagem, resolve o que tiver que resolver que só um Thai consegue fazer.
  • Tem máquina de lavar e secar pelo mesmo valor de usar na rua. Já contei como lava na rua aqui.
  • Tem shampoo, sabonete líquido, algodão, cotonete, repelente e algumas outras coisa de higiene grátis que facilitam bastante para não carregar peso e para economizar uns baht.
  • Secador de cabelo também. Carregador de celular também.
  • Tem mapa grátis com dicas locais para fugir do óbvio de Bangkok. Mas tem no mapa os lugares óbvios também.
  • Tem biblioteca.
  • Tem café da manhã muito bom e grátis.
  • Tem bar aberto o dia todo com bebidas e aperitivos. Tem uma hamburgueria na frente do hostel também.
  • Tem sala comum com espaço para relaxar, trabalhar ou ver televisão/ filme.
  • Tem vídeo game com vários jogos.
  • Tem guarda-volumes de mala grátis para hospedes que vão viajar e não querem carregar todas as coisas. Um depósito chaveado só para isso. Porque não tem nada mais chato do que ir passar só uns dias em algum lugar e ter que carregar toda a mochila pesada.
  • Tem aulas de yoga, muay thai, noite de filme e outras atividades gratuitas.
 "We hope you enjoy your stay with us – your Thai family and home away from home." - Jew, the cat

"We hope you enjoy your stay with us – your Thai family and home away from home." - Jew, the cat

7. PERFEITO PARA QUEM TRABALHA: WIFI É ÓTIMA

O wifi é tão boa no The Yard Bangkok que nem vale a pena ir para um coworking. E olha que perto tem vários e na cidade toda tem lugares espetaculares para quem trabalha online.

Consigo fazer as minhas coisas todas em qualquer hora do dia para conseguir administrar a questão do fuso horário com o Brasil (+10h), sem tem que carregar computador, cabos, HD, etc e ainda correr o risco de esquecer algo. Porque eu sempre esqueço.

Não preciso estressar com o tempo, não preciso gastar com deslocamento, não me sinto obrigada a consumir nada e quando canso, fico no jardim jogada na rede, numa esteira na grama ou lá conversando aleatoriedades com o pessoal.

 " Grab a cold beer, swing on the hammock, meet travelers from every corner of the world and become part of The Yard Family

"Grab a cold beer, swing on the hammock, meet travelers from every corner of the world and become part of The Yard Family

8. CUSTO X BENEFÍCIO

O The Yard Hostel é o melhor lugar para ficar em Bangkok, porque mesmo sendo mais caro, oferece o melhor custo benefício. Se fizermos uma conta rápida, o mesmo valor da noite aqui com todas as vantagens que eu mencionei de trabalhar aqui, ter café da manhã, tudo pertinho ele acaba sendo mais vantajoso do que estar no hostel baratinho, numa cama desconfortável, sem tomada, pagando café na manhã na rua, pegando transporte até o café/ coworking, pagando a diária do coworking, pagando café, não tendo certeza se o wifi vai funcionar, se vai ter tomada suficiente, com tempo contado para ir embora e sem poder dar uma relaxada quando cansa.

Resumindo: diária do The Yard = valor do café da manhã na rua+ transporte + consumo na cafeteria + estresse com wifi, horário, tomada e conforto + preocupação ($) de onde deixar a mala

 Conteiner

Conteiner

9. É UM HOSTEL SOCIAL, UM OÁSIS NA CAÓTICA BANGKOK

Nada de festas! Aqui o pessoal quer conversar, por isso é perfeito para quem está viajando sozinho. Quem vem aqui gosta de trocar ideias, beber umas cervejas, sair junto para algum lugar, poder voltar e ficar em paz.

10. TEM PREOCUPAÇÃO AMBIENTAL

O The Yard Hostel é feito todo de containers reutilizados e demais materiais de segunda mão, até na decoração. O projeto todo foi feito pelas sócias Som Small e Big Som que quiseram provar que é possível ter um lugar socioambiental responsável, com design e ainda lucrativo.

Tudo aqui é pensado para evitar o desperdício, com vários lembretes de como fazer isso, empréstimo de garrafas de vidro com a bolsinha especial para não precisar comprar garrafa plástica de água e venda de canudos emborrachados com a escovinha própria para a limpeza. Evita assim usar mais plástico. Ah, e tem hortinha!

 Bike grátis

Bike grátis

11. O BAIRRO

O The Yard fica no bairro Ari. É um bairro com muitos escritórios internacionais, por isso existem várias opções de restaurantes desde os baratinhos (25 baht) até os bem caros. Tem comida de rua, barraquinha de café, de fruta, cafeterias, coworkings, lojas, galerias de arte, shopping, mercado internacional e as pessoas todas falam inglês.  

Como esse é o bairro onde estão também os escritórios da WWF e o GreenPeace, o bairro todo tem esse apelo mais socioambiental, com eventos regulares e atividades de conscientização abertos ao público.

12. TRANSPORTE

  • O hostel é bem localizado, pelo menos para mim que prefiro a parte moderna da cidade.
  • Fica perto do BTS (skytrain) que vai para todos os lados da cidade.
  • Tem ônibus indo para todos os pontos da cidade direto, como por exemplo para Old Town onde está o Grand Palace.
  • Mesmo não sendo perto da Old Town, a parte mais turística e favorita dos flashpackers, até o taxi até lá é barato.
  • A estação do trem que vai para Chiang Mai fica pertinho de mototaxi.
  • Fica relativamente perto do aeroporto local e para países do Sudeste Asiático, com ônibus com ar condicionado.
  • É fácil chegar do aeroporto internacional usando apenas o metro (airport link + skytrain).
  • Fica perto também da estação de ônibus Mo Chit que faz trajetos pelo país todo e destinos internacionais.
  • Os taxistas entendem quando fala o endereço (Soi Ari 5). 

O melhor lugar para ficar em Bangkok é o The Yard Hostel e essa é a minha opinião baseada em experiência de voltar todos os anos desde 2014. Aproveitando, entenda aqui porque trabalhamos apenas com fotografia e não com permutas. 

 

>>> RESERVE THE YARD HOSTEL BANGKOK <<<

*Reservando através do nosso link você não paga nada a mais por isso, mas nos ajuda a continuar viajando. 

 Café da manhã

Café da manhã

Não esqueça de contratar seu seguro viagem. contei do tombo com pontos no queixo que levei no interior da China e não tinha seguro. Não repita o meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%.

Ajude a divulgar esse post PIN IT!

 
 

Já conhece o nosso Facebook?

VEJA MAIS