Visto de Trânsito de 72h para China

Translate here!

Texto: Mônica Morás  Foto: Edu Viero

UPDATE: As cidades agora são Pequim, Shanghai, Guangzhou e Chengdu (dá pra ver os pandas!).

Para entrar na China, brasileiro precisam de visto e o processo é bem simples, o problema é a validade dele coincidir com o roteiro. No nosso caso, não daria tempo de entrar e sair do país dentro do período estipulado, e por isso sequer conseguiríamos terminar a Transiberiana em Pequim. Então optamos pela isenção do visto de trânsito de 72h, já que o objetivo principal era conhecer a Muralha da China.

A VANTAGEM é que são 72h livres no país, sem burocracia, sem pagar nada,  e apenas apresentar a passagem de saída para um destino internacional. Como Hong Kong e Macau são considerados destinos internacionais, tudo se torna mais fácil e barato.

As DESVANTAGENS são que só se pode entrar no país pelo aeroporto internacional de Pequim ou de Shanghai (Pudong ou Hongqiao) e sair pelo mesmo aeroporto que chegou, sem sair da região administrativa da cidade. E a permanência máxima no país é de 72h a contar da hora da chegada do voo internacional até a hora de embarque do voo internacional de saída. Ou seja, se chegar em Pequim, deve-se ficar no distrito administrativo de Pequim durante as 72h e sair pelo mesmo aeroporto internacional. Quem chega em Shanghai, sai por Shanghai. É necessário vir de um país e sair para outro país diferente. Ou seja, Bangkok - Shanghai - Hong Kong, por exemplo. 

 

COMO FUNCIONA 

Depois de escolher se vai ir para Pequim ou Shanghai, é necessário comprar a passagem de saída para um outro destino internacional pelo mesmo aeroporto. No aeroporto internacional de Pequim e Shanghai existe um guichê de imigração específico para o visto de trânsito.

É necessário apresentar o passaporte, formulário de entrada no país (o arrival card, com nome, passaporte, voo de chegada, endereço do hotel, etc), e a passagem de saída pelo mesmo aeroporto com data e horário dentro do período de 72h. O oficial vai conferir, anotar no formulário de chegada (arrival card) o voo e data de saída que constam na passagem apresentada e carimbar o passaporte com o visto de trânsito e a data de saída. Só isso!

Não precisamos responder nada, só entregamos os documentos e esperamos ele conferir tudo e nos devolver o passaporte com o carimbo que indicava o tipo de visto e a data da nossa saída.

Mais informações no site da Embaixada da China e no site da Air China.

 

COMPRANDO A PASSAGEM COM ESCALA

Optamos por comprar as passagens com múltiplos destinos pelo site da Orbitz: Ulan Batar para Pequim e Pequim para Hong Kong. Se comprássemos por trechos no site da Air China (cia aérea que de fato voamos), o valor seria até três vezes mais caro. Ou seja, foi como se comprássemos uma passagem para Hong Kong com escala em Pequim, só que uma escala de 72h. 

IMPORTANTE: o tempo de permanência no aeroporto é de até 9h. Todo mundo passa pela imigração para mostrar a passagem do próximo destino e ganhar carimbo de trânsito. 

VEJA TAMBEM:

 

 

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS