O Que Fazer em Asiago, A Cidade nas Montanhas Italianas

Texto: MONICA MORAS  Fotos: EDUARDO VIERO e MONICA MORAS 

Asiago é uma das cidades na montanha favoritas no Vêneto, Itália. Gabriele d'Annunzio, o famoso poeta italiano, definiu a cidade de Asiago como "a cidade mais pequena e mais brilhante da Itália”. Ele não mentiu, essa cidade a 2350m acima do nível do mar é muito charmosa. 

O Altopiano di Asiago também é conhecido como Sette Comuni, que na verdade hoje são oito. Enego, Foza, Gallio, Lusiana, Roana, Rotzo e a recém adicionada Conco são os vilarejos que circundam Asiago e que fazem parte da região do Altiplano onde a natureza ainda está intacta e é caracterizada por ser tranquila, mais fresquinha já que fica nas montanhas, por ser hospitaleira e também perfeita para os amantes dos esportes de neve. Uma região tradicional e elegante, que numa comparação simples (bem simples para fácil entendimento) é como uma Gramado. 

A montanha de Asiago tem uma altura de mais de 1000 metros que se torna um barreira natural dos ventos frios e fortes vindos do norte. Além disso proporciona uma beleza natural e tranquilidade difícil de explicar. Fomos num domingo, quando estava acontecendo uma feirinha de antiguidades e que deixou a cidade ainda mais bonita. 

Asiago foi completamente reconstruída após a Primeira Guerra Mundial, a cidade é famosa por sua beleza arquitetônica, ruas iluminadas e grandes praças e é um local turístico notável entre as outras cidades. Mesmo que você vá apenas passar o dia, certamente vai se encantar. 

O QUE FAZER EM ASIAGO

Não existe uma melhor época para visitar Asiago, já que existem opções tanto no verão quanto no inverno.Se você curte esportes de inverno, saiba que Asiago tem 22 estações de esqui, 69 teleféricos de esqui, 100 km de pistas e 7 centros de esqui cross-control em uma extensão de 500 km. Porém, se você prefere o verão, Asiago ainda oferece passeios a cavalo, mountain bike ou caminhadas em meio a bosques e campos que cercam a cidade. Além disso, Asiago tem um dos melhores campos de Golfe da Europa. No verão, a pedida é uma caminhadinha de 10 minutos até o Laghetto di Lumera, um laguinho tranquilo com uma casa de chás, perfeito se você estiver com crianças. 

Mas além disso, observe a Prefeitura, um edifício de mármore branco e vermelho com uma torre de relógio, colunas dianteiras e telhado verde. Foi reconstruído em 1922 após a destruição da guerra. Durante a Primeira Guerra Mundial, Asiago sofreu de fato um terrível bombardeio que o derrubou uma boa parte da cidade. Visite também a Duomo di San Matteo, em estilo neoclássico em mármore rosa local, em frente à prefeitura, também reconstruído em 1922.

Entre a Prefeitura e o Duomo, está a Fonte do Faunoque retrata um fauno montado em um corço, acompanhado por quatro animais da floresta: raposa, águia, esquilo e tetraz. Veja também a Chiesa di San Rocco, em estilo românico, restaurado em 2001. E ainda se tiver interesse, visite o Memorial da Guerra Asiago, em italiano chamado Sacrario Militare. Você pode ver do centro da cidade e dos arredores seu arco branco. Abriga um museu de relíquias e os restos mortais de 50.000 soldados, italianos e austro-húngaros.

A TRADIÇÃO DOS QUEIJOS, GELÉIAS E MEL

Como se não bastasse tantos motivos para visitar Asiago, o Altopiano di Asiago também é muita famoso ainda por um produto essencial e que faz parte da gastronomia italiana: o queijo. As origens do queijo são do século 10 e até hoje permanecem em dois tipos: Asiago d'Allevo, o tipo mais firme, produzido com leite desnatado e com sabor forte, e Asiago Pressato, que é feito com leite integral, também é conhecido como doce Asiago por seu sabor de leite fresco. Inclusive, o queijo Asiago (homônimo com a cidade) é premiado pela Denominazione di Origine Protetta (DOP).

Se quiser uma experiência mais autêntica ainda, conhecendo o processo artesanal de fabricação, visite o Caseificio Pennar (Via Penna, 313) de 1927, que tem uma receita milenar famosa na Itália inteira e reconhecida mundialmente, que vem passando de geração em geração. O leite é produzido no Altopiano com alimentação controlada e é isso que dá o sabor ao queijo Asiago. O Caseificio Pennar também produz outros tipos de queijos sem nenhum conservante, que dão um sabor único e superior ao produto. Prove o Tosela Pennar ou o Tahl, o queijo doce típico dessa região. 

A cidade também é famosa pelo seu mel e geleias. Existem duas lojas muito conhecidas, uma fica ao longo da principal rua de pedestres, a Rigoni (Corso IV Novembre, 78), que começou como um negócio familiar após a primeira guerra mundial, graças a nona Elisa, que decidiu transformar seu hobby em um bom trabalho. Além do mel, também vendem sucos, geléias (sem açúcar e orgânico) e creme de avelãs orgânicas sem gorduras hidrogenadas, e uma opçnao ainda sem leite para os intolerantes a lactose.  Outro lugar que também vale a pena visitar é o Guoli (Via Benedetto Cairoli, 20) que vende o miele di pino mugo, um mel de pinheiro montês, e que vem num vidro com pequenas pinhas e raminhos. Bom de provar, lindo para fotos. 

E se você está mesmo disposto a comer, prove o bolo Ortigara na Pasticceria Carli (Corso IV Novembre, 22), preparado por sua família desde 1909, e batizado com o nome da primeira batalha da guerra mundial. O Ortigara é um pão de ló com amêndoas bem macio e doce, perfeito com um café ou chá no meio da tarde. 

O QUE FAZER NO ENTORNO DE ASIAGO

Explore as Sette Comuni. Visite Enego com aquela vista da vila pequenininha lá no meio e as vistas mais verdes da região, Gallio onde você pode esquiar ou apenas visitar o Santuário da Madonna del Caravaggio e o Vale Pakstall. Em Foza é minúscula, toda coloridinha e até parece vazia e em Rotzo é um tradicional vilarejo de montanha.

Caso você esteja viajando com crianças, considere uma visita ao Villaggio degli Gnomi, um espaço que mais parece uma colônia de férias cheia de atividades para os pequenos, com brinquedos, caminhada no bosque entre outras coisas. Para os adultos também! Abre todos os dias a partir das 10h, a entrada custa 9 euros, tem estacionamento grátis e as atividades são para crianças a partir de 4 anos. 

COMO CHEGAR EM ASIAGO

Asiago fica a 123km de Veneza ou 63km de Vicenza, cidade que moramos uns meses. A única forma de chegar na cidade é de carro e existem várias agências para alugar. De Veneza talvez você consiga negociar um motorista. Outra dica é que Asiago é um bom desvio de rota (rápido!) no caminho para Belluno e os Dolomites para quem vai de Vicenza. De Asiago até Belluno a viagem é de aproximadamente 2h. 

A estrada é cênica, mas cheia de curvas bruscas na subida, por isso leve dramim. Dá vontade de para o tempo todo para fazer fotos. E se você estiver dirigindo, pare mesmo. Na estrada, parece para a vista Caltrano, uma das mais bonitas do caminho todo. 

Caltrano, Itália

ONDE FICAR EM ASIAGO

Se você pretende ficar mais tempo em Asiago, saiba que as opções não são econômicas, mas existem algumas que valem muito o valor:

  • MELTAR BOUTIQUE HOTEL: Um hotel boutique dentro do clube de Golfe e que oferece diversas atividades pela região. $$$ 
  • ALBERGO RUTZER: Tem estilo rústico e oferece um café da manhã com produtos tradicionais da região. $$
  • HOTEL MILANO: Fica no centro da cidade, é simples, confortável, grande o suficiente para família com crianças e barato para os padrões da região. $ 

FIQUE LIGADO!!!

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Inclusive na Europa ele é obrigatório (mostrei aqui). Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros. 

VEJA TODOS OS ARTIGOS DA ITALIA

PIN IT :) 

 

O Que Fazer em Asiago, A Cidade nas Montanhas Italianas

 

JÁ CONHECE O NOSSO FACEBOOK?

VEJA MAIS