San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo

Translate here!

Texto: MONICA MORAS     Fotos: EDUARDO VIERO

Há muito tempo queríamos conhecer San Marino, o país mais antigo do mundo e que fica dentro da Itália. Já sabíamos que 1 dia seria suficiente, afinal o são apenas 61km² e uma população de apenas 30mil habitantes. O país fica a apenas 40 minutos de ônibus de Rimini

Ah, San Marino é considerado zona tax free, uma boa alternativa para economizar alguns euros.

Nesse post falo sobre: história, o que fazer, dicas práticas, tax free, quando ir, quanto tempo ficar, onde ficar e como ir.

san marino um dia

UM POUCO DE HISTÓRIA

San Marino é o país mais antigo do mundo, foi fundado por Marino em 301 d.C (sem o mil), enquanto ele fugia de perseguições romanas lideradas pelo imperador Diocleciano e decidiu se refugiar no alto do Monte Titano.

San Marino é o país mais antigo do mundo, pois sua constituição foi reconhecida pelo Papa em 1600. E uma curiosidade interessante é que foi um país preservado do domínio de Napoleão graças a diplomacia de seus regentes. E além de tudo isso, em 2008 San Marino foi declarada Patrimônio da humanidade pela UNESCO.

 Guaita, Primeira Torre

Guaita, Primeira Torre

 Cesta, Segunda Torre

Cesta, Segunda Torre

 Montale, Terceira Torre

Montale, Terceira Torre

 

O QUE FAZER EM UM DIA EM SAN MARINO

O país San Marino é divido em 8 pequenas cidades e a mais visitada é a Città di San Marino. A maioria das atrações é paga, como a entrada nas torres (€4,50 cada) e museus. Se você é do tipo de viajante que gosta de entrar nos lugares, vale a pena pegar o San Marino Card no Centro do Informações Turísticas ou no seu hotel gratuitamente, que dá acesso com desconto nas torres e museus e ainda descontos de 10% em restaurante e hotéis. Se você vai passar a noite por lá, vale muito a pena! 

Caminhar pela cidade em si, entre as ruas estreitas cheias de lojinhas tentadoras, já é bem divertido, mas para ir além disso, as 9 coisas mais legais de fazer na Città di San Marino são:

1. VISTA DA CIDADE

A Città de San Marino fica no alto no Monte Titano e a vista é espetacular, 360º de verdade. Qualquer ponto que você estiver, vai ter uma vista linda e não precisa pagar. Os melhores pontos são: na praça do teleférico, entre a primeira e segunda torre, ao lado da terceira torre e do estacionamento do ônibus.

2. BASÍLICA DI SAN MARINO

A basílica é imensa, chega a ser meio desproporcional parar o tamanho da cidade, mas é linda por fora e por dentro.

3. PIAZZA DELLA LIBERTÀ

É a praça mais bonita da cidade com a estátua da liberdade de mármore Carrara que carrega uma coroa com as três torres que simbolizam a cidade.

san marino um dia

4. CASTELLO DELLA GUAITA, A PRIMEIRA TORRE

Nesse castelo fica a primeira torre que é a mais alta e mais antiga de San Marino, construída no século 11. Dela se tem a vista para a segunda torre, mas a entrada é paga (€ 4,50). Dica: se você não estiver disposto a pagar, entre as torres tem uma escadinha grátis na muralha ao lado do restaurante entre as torres que dá vista para a segunda torre.

5. DE LA FRATTA, CESTA, A SEGUNDA TORRE

Nesse castelo fica a segunda torre, a Cesta. Nessa fica o Museu de Armas em homenagem ao fundador da cidade, Marinus. A entrada custa € 4,50 e dessa torre se tem a vista para a primeira torre. Dica: a vista mais bonita a partir da cidade, quanto da primeira torre fica no caminho que leva até a segunda torre. 

6. TORRE DEL MONTALE, A TERCEIRA TORRE

Essa torre é fechada e ela em si não é interessante, mas o caminho que leva até ela é bem bonito ao meio ao bosque e a vista de lá também é fascinante. Parar chegar nela, existe uma passagem bem ao lado da entrada da segunda torre.

7. CARIMBAR O PASSAPORTE

No Centro de Informações Turísticas de San Marino é possível carimbar o passaporte por €5. Um carimbo extra oficial, é claro. O centro fica ao lado do teleférico.

san marino um dia

8. TELEFÉRICO

O teleférico leva pedestres de Borgo Maggiore até a Città di San Marino e vice versa em segundos. Sinceramente não acho que vale a pena o preço, nem pela vista.

9. COMER NUM RESTAURANTE COM VISTA PANORÂMICA

Os valores de refeições não variam muito entre os restaurantes e nem dos valores da Itália, por isso, se bater uma fominha, vale escolher um restaurante com vista panorâmica. No caminho para a segunda torre existem 3 e que ainda servem pizza no almoço.

Pra ajudar: Use o Maps.me, o aplicativo off-line e gratuito que traça rotas, para pinar os lugares. 

san marino um dia

DICAS PRÁTICAS

  • Visto: San Marino não faz parte do Tratado de Schengen, mas por estar dentro de uma país que faz, não é exigido visto ou apresentação do passaporte. Mas, leve o seu passaporte junto por segurança e caso você queira carimbar ele com o carimbo simbólico no centro turístico por €5.
  • Língua oficial: Italiano, e o inglês é bem falado.
  • Moeda: Euro
  • Clima: A temperatura é ligeiramente mais baixa do que em Rimini, por ser uma cidade no alto da montanha onde venta bastante.
  • Banheiro: Existem banheiros públicos pagos nos estacionamentos.
  • Custos e Tax Free: Os preços de alimentação e hospedagem são os mesmos da Itália, mas o país é considerado tax free, por isso vale dar uma olhadinha nos produtos. Os preços são ligeiramente mais baixos, mas não o suficiente para ir apenas fazer compras.

QUANDO IR

A melhor época parar conhecer o país é no verão ou primavera, quando o céu está mais limpo e dá para ver toda a paisagem. Mesmo sendo verão, venta bastante lá em cima. No outono e inverno, apesar de todo o charme, pode ter muita neblina, o que não estraga a viagem, mas a vista acaba não sendo a mesma.

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%.

san marino um dia

QUANTO TEMPO FICAR

Em apenas 1 dia dá para caminhar por toda a cidade. San Marino, o país é dividido em pequenas cidades, sendo a Città di San Marino a capital que fica no alto da montanha a cidade mais visitada, e depois Borgo Maggiore de onde parte o teleférico que leva até San Marino. O ônibus que sai de Rimini vai até San Marino, não se preocupe!

A cidade toda é feita a pé e como são muitas subidas e descidas, é melhor ir com um sapato confortável, sem salto.

Nós fomos de manhã (10h) e voltamos no meio da tarde (3h), tudo de ônibus, e foi tempo suficiente para andar com calma, conhecer tudo tranquilamente. O que observamos é que de manhã é bem mais vazio. Depois do meio dia as ruas estreitinhas ficam bem movimentadas.

 

ONDE FICAR

Os melhor lugar para aproveitar é a Città di San Marino, e como ela é bem pequeninha, qualquer localização é boa desde que você não tenha muitas malas, já que são muitas subidas e escadas. Se tiver muita bagagem, escolha o hotel mais próximo do estacionamento ou um hotel em Borgo Maggiore.

san marino um dia

COMO IR

San Marino fica a apenas 18km de Rimini, na Itália. A partir de Rimini é muito simples de ir, e mesmo que você venha de Bologna, ou qualquer outra parte do país, ainda assim é muito simples. Não existem estações de trem em San Marino.

Existem duas formas de chegar em San Marino:

a. ÔNIBUS

  • Como é: A forma mais simples é ir de ônibus a partir de Rimini (veja o post). Bem na frente de estação de trem, atravessando a avenida, existe uma Tabacaria que vende as passagens do ônibus. Tem uma placa bem grande dizendo que ali vende tickets, então fácil identificar. Dá para comprar ida e volta e a moça entrega junto como s tickets a tabela de horários dos ônibus. Dica: tente sentar no lado esquerdo para ter a vista das torres se aproximando. Digo tente, porque a disputa com os russos para entrar no ônibus é bem acirrada e nada organizada.
  • Duração da viagem: 40 minutos
  • Preço: €5 por trecho, ou seja, € 10 ida e volta.
  • Onde comprar: Na tabacaria em frente a estação de trens de Rimini (atravessando a avenida). Confira os horários dos ônibus na companhia Bonelli.

b. CARRO

  • Como é: É a forma mais cômoda se você não quer se preocupar com horários e quer ir parando no caminho. Tem dois estacionamentos pagos em San Marino e também em Borgo Maggiore, de onde sai o teleférico para San Marino.
  • Duração da viagem: 40 minutos de Rimini ou 1:30h de Bologna
  • Preço: estacionamento pago em moedas nas máquinas do estacionamento. O mais próximo da segunda torre tem tomada para carros elétricos.

Veja também todos os posts da ITALIA

san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia
san marino um dia

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS