Roteiro em Paris: Passo a Passo em até 5 Dias

Texto e Fotos: MONICA MORAS

Paris é uma cidade com tantas atrações históricas, culturais e culinárias que dá sempre uma vontade de ficar mais. Mas a capital francesa também é cara e por isso um roteiro econômico em Paris ajuda bastante a explorar o melhor da cidade. E sabe o que é melhor? É uma cidade fácil de andar a pé até as pernas cansarem e ainda tem metro facinho de usar!

Veja também: O Que Saber Antes de Viajar para Paris

COMO USAR ESSE ROTEIRO ECONÔMICO DE PARIS

Esse roteiro é econômico e praticamente tudo é feito a pé. E tem que caminhar mesmo! Roteiro testado e aprovado por mim, minha mãe e irmã, nos detalhes! Sugeri alguns cafés no meio do caminho, mas todos são a título de curiosidade. Não pare em todos eles, senão não vai dar tempo de ver tudo. Se você está em modo econômico, sugiro sempre procurar um mercado Monoprix ou Carrefour Express que vendem comidas e sanduiches prontos por preços muito baratos.

Se você tem menos de 5 dias, concentre sua atenção nos dias 1, 2 e 4 que é onde se vê mais coisas importante e sem gastar. Tá com menos tempo ainda? No dia 1 vai da Notre-Dame direto para o Trocadero e já comece o dia 2. 

Antes de mais nada, baixe o aplicativo de mapas offline e gratuito Maps.me (aqui). Com ele você pode pinar todos esses lugares que eu falei e ele ainda monta rotas a pé e de metro sem precisar de internet. Funciona igual Google Maps. 

atedral de Notre-Dame

DIA 1: QUARTIER LATIN

*** Estações mais próximas: Saint-Michel Notre Dame OU Cité

1.   CATHÉDRALE NOTRE-DAME

A Catedral de Notre-Dame de Paris é uma das mais antigas em estilo gótico na França. Sua construção foi iniciada em 1163 e foi dedicada a Maria, Mãe de Jesus Cristo, por isso o nome Notre-Dame – Nossa Senhora. A catedral fica na ilha Île de la Cité em Paris e é rodeada pelo Rio Sena. Foi a Notre-Dame que inspirou Victor Hugo a escrever em 1831 o romance “Notre-Dame de Paris”, O Corcunda de Notre-Dame. O romance acontece durante a Idade Média e fala da história de Quasímodo, um homem corcunda, que se apaixona pela cigana Esmeralda. A entrada na catedral é gratuita, mas se quiser subir nas torres para ter a vista da cidade, o valor é de 10 euros.

2. Pont de l'Archevêché 

A nova ponte dos cadeados, onde os casais trancam seu amor com as iniciais dos seus nomes e jogam a chave fora.

2. LIVRARIA SHAKESPEARE AND COMPANY

A Livraria Shakespeare and Company fica na frente da catedral Notre Dame, basta atravessar a ponte. Ela fica no prédio de um antigo monastério do século XVI e foi fundada em 1951. A livraria é um paraíso para os verdadeiros amantes da leitura, porque apesar da organização para facilitar achar os títulos, tudo parece meio um biblioteca de casa, com livro de cabeça para baixo, estantes menos usadas com poeirinha, revistas espalhadas e uma luz amarela aconchegante. Na frente da livraria tem umas cestinhas de sebo, com livros usados a 2 euros, alguns com títulos em inglês também. Mesmo que você não queira comprar nada, ou nem seja um grande fã da leitura, vale a visita pela experiência.

 Livraria Shakespeare and Company

Livraria Shakespeare and Company

3. PANTHEON

O Pantheon foi construído em 1790 e originalmente era para abrigar uma igreja para a padroeira da cidade Santa Geneviève. Mais tarde tornou-se o Pantheon Paris e hoje abriga os restos mortais de grandes personalidades francesas, como Victor Hugo, Rousseau, Voltaires, entre outros.

4. AMORINO

Se você não conhece ainda, essa é a chance de ir na sorveteria Amorino, uma sorveteria que vende sorvete em formato de flor. Tem café também! Essa loja está espalhada pela cidade e pela Europa.

5. JARDIN DU LUXEMBOURG

O Luxembourg foi construído nos anos 1600, mas o jardim veio anos depois em 22 hectares de jardins e lagos. Ele fica entre o Boulevard Saint Michel, a rua Vaugirard e a rua Notre Dame des Champs.

 Vista da Catedral Sacre-Coeur

Vista da Catedral Sacre-Coeur

6. BOULEVARD SAINT GERMAIN

É a rua mais chique de Paris com vários cafés. Depois da Segunda Guerra Mundial, o bairro de Saint-Germain-des-Prés tornou-se um lugar de excelência da vida intelectual e cultural de Paris, com ilustres frequentadores entre escritores, atores, músicos e filósofos. Na Boulevard Saint Germain os edifícios ainda são do século 17. Antigamente era uma pequena vila com pequenas livrarias e cafés, hoje é repleta de boutiques de luxo. Com a mudança, os intelectuais parisienses já não se reúnem mais ali, mas jornalistas, políticos e alguns atores ainda frequentam os cafés, como o Cafe de Flore, Brasserie Lipp e o Café des Deux Magots. 

7. GERARD MULOT

Gérard Mulot foi construído no coração de Saint-Germain-des-prés em 1975. É um famoso pâtissier de Paris e um dos lugares favoritos dos moradores. Só vende tentações francesas, como croissant, macarons, e tortinhas caprichosamente decoradas.

8. PHARMACIE CITYPHARMA

As farmácias de Paris são verdadeiras perfumarias cheias de tentações, mas a Pharmacie Citypharma é irresistível. Perfeita para quem foi com a mala vazia e precisa de uns cosméticos.

Esquinas de Paris

9. CAFE DE FLORE

O Café de Flore foi inaugurado em meados de 1887 no bairro Saint-Germain-Des-Prés. O café era um dos mais frequentados pela classe artística e literária parisiense. Um café custa 7 euros e um croissant sai por 2,50 euros.

 10. LES DEUX MAGOTS

O Les Deux Magots é mais um dos cafés da Saint-Germain-des-Prés, mas é famoso por ter sido frequentado ao longo de sua história por importantes intelectuais e artistas, e até hoje atrai jornalistas e políticos franceses. O nome significa “As duas estatuetas chinesas” devido as duas estátuas internas.

11. BRASSERIE LIPP

A Brasserie Lipp foi inaugurada em 1880 e desde então atraí políticos e artistas. Apesar de não ter mudado quase nada, nem mesmo o cardápio, algumas regrinhas modernas permanecem, como a proibição do uso de celulares e a venda de coca-cola. O café custa 3,70 euros e o croissant custa 5 euros.

12. MUSEE RODIN

O Musée Rodin fica na antiga casa do artista, num prédio do século 18 com um jardim decorado com esculturas dele. Rodin doou sua casa com suas obras, coleções e tudo mais que lhe pertencia e hoje está disponível para visitação. A entrada custa 11,30 euros.

Margens do rio Sena

13. LES INVALIDES

O Les Invalides é onde fica a sepultura de Napoleão e o Musée de l’Armée. A entrada custa 11 euros e o lugar mais bonito de ver e fazer um foto é da avenida mesmo.

14. PONT ALEXANDRE III

A Pont Alexandre III é uma das mais bonitas de Paris e considerada um monumento histórico francês em estilo Beaux-Arts. Nos anos 1900 a ponte ganhou ninfas e cavalos alados na extremidade. Dela se tem uma vista linda da Torre Eiffel lá no fundo, e é a partir da Pont Alexandre III que se sem acesso ao Grand Palais e Petit Palais.

 15. PETIT PALAIS

O Petit Palais  é um museu gratuito pouco explorado em Paris. Fica em frente ao Grand Palais, é lindamente decorado por dentro e tem um jardim perfeito para relaxar. No museu estão obras de grandes artistas como Rodin e Delacroix.

16. GRAND PALAIS

O Grand Palais foi construído na mesma época que a Torre Eiffel e representa um grande feito arquitetônico. Foi construído em 1892 por Carnot para a Exposição Universal de 1899. Dentro a cúpula é toda de vidro, quase inacreditável. A entrada é paga, mas varia conforme a exposição que estiver acontecendo.

Torre Eiffel a partir do Trocadero

17. TOUR EIFFEL

A Torre Eiffel é o edifício mais alto da cidade com 324 metros de altura e também o monumento pago mais visitado do mundo. Seu nome é uma homenagem a Gustave Eiffel que a projetou. Na verdade a torre foi construída para servir como arco de entrada da Exposição Universal de 1889. Para subir na torre, custa 16 euros o primeiro andar e 25 euros o segundo andar. É melhor comprar os tickets antes (aqui). Na frente da torre tem um carrossel, um jardim imenso e mais adiante fica o Trocadero, um dos melhores lugares para ver a torre.

18. JARDIN DU TROCADERO

O Jardin du Trocadero é o jardim da Torre Eiffel. Nele existe um espelho de água com fontes de água que chegam a 12 metros de altura. Subindo ele tem-se a vista da Torre Eiffel com todo o jardim. É dali que saem as fotos mais famosas da cidade. Numa caminhadinha, já se chega no Arco do Triunfo.

 

DIA 2: CHAMPS ELYSEE

*** Estações mais próximas: Palais-Royal Musee du Louvre OU Louvre-Rivoli

1. CARROUSEL DU LOUVRE

Carrousel du Louvre é o nome da galeria comercial que se encontra no sub-solo do Museu do Louvre. É  nela que fica a pirâmide invertida. Na galeria estão lojas e restaurantes e ela fica aberta até às 20h. A entrada é pela rua Rivoli, 99. 

Museu do Louvre

2. MUSEE DU LOUVRE

O Museu do Louvre foi construído em 1190 como fortaleza durante os ataques vikings. Foi Palácio Real da França até 1682, quando Luís XIV transferiu a sede para o Château de Versailles. Em 1793 foi poupado pela Revolução e tornou-se museu.

  • Alas: O museu está dividido em três Alas: Sully, Richelieu e Denon. A Monalisa está na Ala Denon, os Fossos Medievais e Vênus de Milo ficam na Ala Sully, e os apartamentos de Napoleão III ficam na Ala Richelieu. Para ver apenas essas obras com certa calma, você vai precisar de 2 a 3 horas.

  • Entradas: A Pirâmide de Vidro é a entrada principal do museu, a Carrousel du Louvre (ao lado da pirâmide invertida) é a que tem menos filas, e tem as escadarias a direita do Arco do Tiunfo do Carrousel. Em todas elas tem que passar pela segurança, e isso pode demorar um pouquinho dependendo da época que você vai.

  • Ingressos: Tem máquinas para comprar os ingressos no museu, na área de apoio ao visitante, e é possível usar o cartão de crédito. Eu recomendo que você já compre seu ingresso pela internet no próprio site do Louvre (aqui) antes mesmo de sair do Brasil com data e hora marcada que você escolhe, assim não perde tempo em possíveis filas. Pela internet custa 17 euros, já vem com o nome impresso e tudo o que você precisa fazer é estar lá pouco antes do horário marcado com seu ticket e passaporte.

3. PALAIS ROYAL

O Palais Royal já foi casa da família Orleans nos anos 1661 e hoje atrai os locais que buscam um pouco de silêncio para ler ou tomar um café no jardim ou no terraço. Além de relaxar, o palácio também tem bistrôs, galerias e boutiques. 

4. JARDIN DES TUILERIES

O Jardim das Tulherias foi criado no século 16 para decorar o Palácio das Tulherias, a pedido de Catarina de Médicis. O arquiteto André Le Nôtre projetou o jardim em estilo francês com várias estátuas. Foi ele também que projetou o parque que rodeia o palácio de Versalhes.

Jardim das Tulherias

5. ANGELINA

Angelina é uma casa de chás austríaca que era frequentada até por Coco Chanel. Vale a pena ver o salão de chás típico francês e que serve chocolate quente a 8 euros. 

6. PLACE DE LA CONCORDE

É a segunda maior praça da França, a maior de Paris, e onde aconteceram e ainda acontecem fatos importantes da história francesa. Tem uma roda gigante linda. 

***Se estiver cansado, pegue o metro na estação Concorde e vá até a estação George V, assim já economiza uma boa caminhada pela Champs Elysee.

7. KUSMI TEA

Casa de chás Kusmi Tea é o paraíso de quem é fã de chá.

8. LADUREE

Ladurée é uma famosa casa de doces francesa fundada em Paris em 1862. É conhecida principalmente pelos macarons, famosos no mundo inteiro. O que chama a atenção é o colorido da vitrine dos macarons.

Arco do Triunfo

9. CHAMPS-ÉLYSÉES

A Avenue des Champs-Élysées é uma das ruas mais famosas do mundo e conhecida na França como A Avenida mais Bonita do Mundo. Nela estão cinemas, cafés, lojas de luxo e para manter sua história, nela não se encontram lojas de fast fashion, como a H&M. Em uma das extremidades está o Arco do Triunfo e na outra a Praça da Concordia que liga ao Museu do Louvre. 

10. ARC DE TRIOMPHE

O Arco do Triunfo é um monumento construído em 1836 para comemorar as vitórias militares do Napoleão. O arco tem 50 metros de altura, 45 de largura e nele estão gravados os nomes de 128 batalhas, 558 generais e na sua base está o túmulo do soldado desconhecido de 1920. O Arco do Triunfo fica em uma das extremidade da avenida Champs-Élysées. É possível subir no arco, mas a entrada é paga e só se sobe de escada.

*** Vá de metro até a estação Chaussée d`Antin - La Fayette

11. GALERIES LAFAYETTE

Galeries Lafayette foi inaugurada em 1912 onde Théophile Bader sonhava com um empório de luxo. A cúpula de 43 metros de altura se tornou o símbolo da galeria e é por ela que entra uma luz dourada que ambienta o clima de luxo e abundância. No último andar ainda tem vista uma vista da cidade. 

DIA 3: MONTMARTRE

 ***Vai de metro da linha verde escuro 12 para estação Lamarck-Caulaincourt, porque assim você vai descendo o bairro ao invés de subir até a catedral. 

1. METRÔ LAMARCK

Estação de metrô Lamarck / Caulaincourt, onde foi gravado cenas do filme Bastille e O Fabuloso Destino de Amelie Poulain. É um dos lugares favoritos para fazer fotos para Instagram.

2. LE GRENIER À PAIN

 Padaria que venceu o concurso de melhor baguette de Paris. 

3. SOUL KITCHEN

O Soul Kitchen é uma dos melhores café de Paris e oferece doces com gosto de infância, daqueles que a vó fazia. Tudo é feito com produtos orgânicos.

4. VIGNE DU CLOS MONTMARTRE

Local onde estão plantadas as videiras mais antigas de Montmartre. É bem pequeninho, com grades na volta, mas tem um charme especial. 

La Maison Rose

5. LA MAISON ROSE

Um café restaurante de esquina todo rosa charmosinho tanto por fora quanto por dentro. Por fora é rosa e por dentro é todo colorido com cores pop. Abre de quarta a segunda das 11h às 22h30.

6. ESPACE DALI

Um pequeno museu sobre a história do artista surrealista. Tem que pagar.

7. PLACE DU TERTRE

Uma praça cheia de artistas de rua e muitos bares e restaurante no entorno. Tem um crepe de chocolate na frente da praça que é divino.

Basilica de Sacre-Coeur

8. BASILICA DE SACRE-COEUR

A Basílica de Sacre-Coeur é toda feita de mármore num estilo bizantino e tem uma vista de Paris indescritível. A entrada é gratuita. Dá para subir os 300 degraus até a cúpula para ver a cidade ainda mais do alto. O preço para subir varia muito (veja valores aqui), mas a cúpula abre todos os dias a partir das 9am e fecha às 17h no inverno e 20h no verão.

9. SQUARE LOUISE SAINT MICHEL

Square Louise Saint Michel que tem um carrossel lindo, perfeito para fotos com a Sacré-Coeur de fundo. Ali pertinho tem uma loja Pylones, cheia de coisinhas de design e decoração. 

10. LE MUR DES JE T’AIME

Uma pequena praça com uma parede escrita “Eu te amo” em mais de 250 idiomas. Não achei em português, mas tem!

11. CAFE DEUX MOULINS

É o café onde foi gravado o filme da Amélie Poulain. Se vocie não conhece Paris, recomendo muito esse filme: O Fabuloso Destino de Amelie Poulain.

12. MOULIN ROUGE

Cenário de várias obras do pintor Toulouse-Lautrec. A fachada é linda, mas os preços dos espetáculos não são tão baratos (reservas variam entre 87€ e 420€).

***Vai de metro da estação Place de Clichy até Gare Montparnasse

13. TORRE MONTPARNASSE

É o melhor lugar para ter a verdadeira vista de Paris, porque tudo fica mais bonito se a Torre Eiffel aparece, como acontece nessa vista. A entrada custa 15 euros e vale muito a pena, principalmente no por do sol até escurecer para ver a cidade luz finalmente iluminada.

O Muro do Amor

DIA 4: MARAIS

*** Vai de trem RER C até Saint-Michel Notre Dame. Caminha.

1. CENTRE GEORGE POMPIDOU

O centre George Pompidou é uma construção de vidro que mais parece uma obra em construção. Lá dentro tem exposições temporárias alternativas e uma vista interessante de Paris. A entrada custa 14 euros.

2. FLEUX

A Fleux é uma loja conceito cheia de produtos de design e decoração.  Uma paraíso para achar coisas lindas e tentadoras. Fica na rue Saint-Croix de la Bretonnerie.

3. BHV MARAIS

A BHV Marais é uma loja de departamentos com 7 andares, onde é possível encontrar de tudo, desde de produtos de design para decoração, artigos de luxo, utensílios para todas as peças da casa, até livros. Se você gosta de ver lojinhas, esse lugar vai ser uma tentação.

4. LA MAISON DU SAVON DE MARSEILLE

Se você está a procura de algo tipicamente francês, vale uma visita na La Maison du Savon de Marseille para conhecer os sabonetes artesanais tradicionais de Marselha.

 Macarons

Macarons

5. PIERRE HERME

Comer um dos melhores macarons de Paris. De limão é imperdível.

6. LE PICK CLOPS

Uma cervejaria charmosinha e fotografável.

7. L'AS DU FALLAFEL

Um falafel gigante que ousaria dizer que dá para duas pessoas. 

8. MUSEU PICASSO

Ver suas mais de cinco mil obras, incluindo o quadro “Mulher sentada” – homenagem de Picasso à Françoise Gilot, que estava grávida de sua filha, Paloma.

9. BREIZH CAFE

O melhor crepe de Paris. De verdade!

Feirinha em Paris

10. MARCHE DES ENFANTS Rouges

O Marche des Enfants é o mercado mais antigo de Paris. Parece um mercadão mesmo onde se encontra frutas, verduras e sabores de vários lugares do mundo. No final de semana fica cheio de locais.

11. JEAN PAUL HÉVIN

Jean Paulo Hevin é famoso pelos macarons, mas também serve chocolate quente. Existem outras lojas pela cidade, mas o salão de chás mais bonito fica na Rue Saint Honoré, a rua das grifes e e hotéis de luxo da cidade.

Disney Paris

DIA 5: DISNEY PARIS

*** Vai de RER A que vai para Marne-la-Valee-Chessy (Parcs Dineyland - ponto final da linha).

Disney é imperdível em qualquer lugar do mundo. Pertinho de Paris tem uma que vale muito a pena, e que só compete com o Parc Astérix. Se você só tem 1 dia, recomendo ir apenas na Disneyland. 

  • OS DOIS PARQUES

1.DISNEYLAND: A Disney Paris tem o mesmo tamanho da Disney da Califórnia. O destaque é o Castelo da Bela Adormecida e mantém as principais atrações como Piratas do Caribe, Star Tours, Mansão Fantasma, Space Mountain e os principais personagens da Disney no parque.

2.WALT DISNEY STUDIOS: Esse parque é um pouco diferente do parque de Orlando, mas mantém as mesmas atrações famosas, como a Rock’n’Roller Coaster, Twilight Zone Tower of Terror e tour pelos estúdios.

  • COMO CHEGAR: A forma mais fácil, prática e barata é de metro. A partir das estações com trens RER A, como Gare de Lyon, Auber, Châtelet Les Hlles, você pegar o RER A4 que vai direto para a estação Marne-la-Vallée que é a da Disney. Atenção na hora de pegar o trem, tem que ser o que tem o símbolo do Mickey ao lado do nome da estação. A viagem dura aproximadamente 45 minutos e a saída é na portaria do parque. A volta é pelo mesma estação, também pelo trem RER 4 que vai até 00:20.

  • OS TICKETS: Compre online, pois na hora eles são mais caros, chegando até o dobro do valor dependendo da época.

Paris

DICAS DE PARIS

QUANDO IR: as melhores épocas são na primavera e outono. No verão faz muito calor e em janeiro chove bastante.

TRANSPORTE EM PARIS: O metro e os trens RER cobrem a cidade inteira e o ticket custa 1,90 euros. Paris é uma cidade muito fácil de andar a pé nas principais regiões. Tenha o Maps.me, o aplicativo de mapas grátis e off-line baixado no seu smartphone. Ele monta rotas a pé e de metro.

DICA PARA ECONOMIZAR NA COMIDA: Bateu a fome, procura um mercado Monoprix ou um Carreforu Express. Nele você acha comidas prontas, sanduíches e bebidas muito baratas. Assim você economiza de comer em restaurantes que tendem a ser muito caros.

CHIP DE CELULAR: pegue um plano assim que chegar no aeroporto, porque vale mais a pena. 

Veja também: 5 Dicas para Saber Antes de ir para Paris

Não esqueça o Seguro Viagem obrigatório para Europa! O valor mínimo da cobertura é de 30mil euros. Veja aqui as melhores opções. Contratando o seguro viagem através do nosso link você não pga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a viajar mais. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. Já contei de quando eu precisei do seguro e nano tinha aqui: Como Escolher Qual Melhor Seguro Viagem

PIN IT :) 

 

Roteiro em Paris: Passo a Passo em até 5 Dias

 

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS