Lago Baikal na Ilha Olkhon, O Olho Azul da Sibéria

Translate here!

Texto: Mônica Morás   Fotos: Edu Viero e Mônica Morás

Ele é o lago mais profundo do mundo (1.642m), o sexto maior em superfície (31.722km2) e é o lago com mais maior volume de água potável do mundo (23.000km3), já que cerca de 20% da água doce do planeta está lá.

Lago Baikal em russo significa Lago Rico e não é à toa, pois por ser um dos mais importantes do mundo se tornou símbolo natural da Russia. Também é chamado de O Olho Azul da Sibéria e foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1996.

Todos os anos durante o inverno o lago congela por meses e a superfície de gelo chega a medir 1,2m de espessura, possibilitando o deslocamento de veículos entre as ilhas por cima do gelo. Sim, pessoas dirigem em cima do gelo e distância é consideravelmente longa. 

No verão a temperatura média da água é de 15ºC e isso não assusta os vários veranistas que aproveitam para se banhar nas margens do Baikal. Nós também mergulhamos nele e foi sensacional! E gelado! E rápido! Coisa de 10 minutos para cada um.

O lago é completamente cercado pelas Montanhas Baikal, possui 27 ilhas, sendo Olkhon a maior delas a 200km da capital da Sibéria, Irkutsk. Essa ilha é a quarta maior ilha fluvial do mundo e é onde está a famosa rocha Shamanka. 

Durante o tempo que estivemos em Irkutsk, nós passamos um final de semana na ilha Olkhon e um dia em Listvyanka, também conhecida como Baikal Riviera.

Além disso a ferrovia Transiberiana passa às margens do lago no trecho entre Irkutsk e Ulan-Ude, que propositalmente fizemos durante o dia para não perder a vista. 

Para chegar na ilha Olkhon, a melhor forma é agendar no hostel/hotel uma van com tudo incluído: 7h de viagem, travessia de balsa, desembarque na pensão na ilha previamente reservada. Isso porque nessa região ninguém fala inglês e tem turistas russos de todas as partes. Passamos 3 dias e 2 noites por lá e na volta fomos até a "rodoviária" (o lugar com mais posters) para pegar a van de volta. 

Shamanka

lago baikal olkhon siberia eduardo e monica viagem

Pousada da Nina, do lado do único mercado da ilha

Listvyanka

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS