5 Coisas que Viajar Ensina Sobre Amizade

Translate here!

Texto: Mônica Morás   Fotos: Eduardo Viero e Edu Defferrari

Cada pessoa que entra na nossa vida vem por algum motivo. Algumas ficam mais tempo, enquanto outras se vão sem que nos demos conta, e cada uma delas deixa alguma coisa e leva um pedacinho da gente. Viajar a longo prazo é assimilar as mudanças que vão acontecendo entre cada chegar e partir e a lidar com saudade que incomoda e que ao mesmo tempo conforta.

Essa nossa rápida passagem pelo Brasil entre um ano e outro da viagem foi motivado apenas pela vontade de rever a família e amigos, como mostram as fotos no final do post. E foi observando como as relações foram se transformando nesse tempo que estivemos fora que vimos que algumas coisas nunca mudam, e as que mudam é pra melhor:

1. Percebe quem são seus verdadeiros amigos

Só os verdadeiros amigos vão ficar perto de você e te apoiar nas suas decisões, até nas mais loucas. Mesmo que não seja o perfil deles sair por aí viajando sem rumo certo ou data pra voltar, eles respeitam, apoiam e torcem sinceramente para que tudo de certo.

2. Respeita as diferenças

É um desafio se relacionar com pessoas de estilos de vida completamente distintos. Cada um tem um caminho a seguir e é na troca de experiências que a gente se encontra e cresce como pessoa. Todo mundo é especial de alguma forma e tem algo a ensinar, e aí que mora a beleza das relações, nessa infinita troca onde ninguém é mais do que ninguém.

3. Entende que algumas pessoas vão se afastar

Fato! Uma viagem de longo prazo é o sonho de muita gente e algumas pessoas que você considerava seus amigos simplesmente não suportam ver suas fotos da viagem, ignorando completamente tudo que você passou para estar lá, e acabam se afastando. O foco tem que estar em quem se importa de coração com a gente.

4. Faz novos amigos na estrada

Uma viagem não é feita dos lugares que você visitou, mas sim das pessoas que você conheceu. São eles que vão fazer a diferença e vão dar sentido para cada nova experiência. Algumas vão transoformar a sua vida e dar a impressão que são amigos de infância naqueles infinitos 3 dias juntos em algum lugar do mundo.

5.  Compreende que é preciso ter tempo

É difícil manter o contato com o fuso horário totalmente diferente, mas é preciso lembrar que no final das contas são eles, a família e os amigos, que vão estar ao seu lado mandando energia positiva e “salvando” nos momentos dramáticos.

A NOSSA ROAD TRIP

A inspiração pra esse post veio da semana que passamos com alguns dos nossos amigos no sul do estado, onde mora a família do Eduardo. Uma road trip de mais de 1000 quilômetros onde ficamos um tempo em Dom Pedrito, fomos para a fazenda Bela Vista onde comemos o melhor da comida campeira e visitamos o Ponche Verde onde está o Obelisco da Paz, o marco onde foi assinado o Acordo de Paz da Revolução Farroupilha. Também demos um pulinho em Rivera a andamos na estrada que divide o Brasil do Uruguai sempre guiados pelos obeliscos.  

Foi um tempo só pra nós, longe de tudo, perfeito pra recarregar as energias, falar da vida e fazer fotos descompromissadas. As fotos abaixo são uma mistura de todo mundo que participou do final de semana, com destaque para o nosso amigo fotógrafo Edu Defferrari. Vale conferir também a galeria de imagens do Laércio Cortes, o viajante fotógrafo.

Conheça melhor o trabalho dos nossos amigos fotógrafos:

Obrigada Ju, Edu, Laércio, Sabrina, Bete (conhecida como mãe do Eduardo), Tito, Denise, Mara e as nossas mascotinhas Cristal e Fee por fazerem esses nossos dias tão especiais :) 

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS