Hotel Wood em Gramado: Uma Opção Moderna na Serra Gaúcha

Texto: MONICA MORAS @monicamoras  Fotos: EDUARDO VIERO | @eduviero

Gramado sempre esteve muito ligada a todo que se refere a madeira, seja na arquitetura, nos móveis, na lenha queimando na lareira e no fogão, e todo o campo que deu origem a cidade. Os mais diversos usos da madeira que trazem uma memória afetiva e que inspiraram o projeto do Hotel Wood. E o Wood foi bem além, ousou usar cores, ser moderno e ao mesmo tempo aconchegante como se estivesse na sala de casa, no quarto de casa. Tudo é madeira, e o que não é madeira, fica “disfarçado” por trás de madeiras. Observe o ar condicionado do quarto, por exemplo. 

O Hotel Wood é do grupo Casa da Montanha, mas com um conceito mais informal, mais próximo, sem recepção, mas com pequenas delicadezas que fazem a diferença. O hotel é tão jovem, tão cosmopolita, e ao mesmo tempo com design de luxo, que poderia estar em cidades como Londres ou Nova York, mas para a nossa sorte está aqui, em Gramado.  

COMO É O HOTEL WOOD

Logo na entrada do hotel a gente percebe que o clima muda. Nada lembra um hotel. A sala é ampla com sofás convidativos, livros displicentemente espalhados, lareira acesa e mais detalhes que lembram uma casa. No balcão onde o garçom serve o welcome drink, a moça abre um notebook e faz o checkin. Se não me contassem, jamais diria que isso era a recepção. Logo atrás dela está biblioteca. Livre acesso, cheia de livros interessantes sobre estilo de vida, moda e design. 

Na área dos quartos percebe-se que cada andar é inspirado numa árvore, ginko, araucária, pinheiro e pinha,e assim também os são elementos nas paredes, nas portas e até a roupa de cama. Dentro do quarto, existem vários pontos de luz direcionados e com controle de intensidade. Perfeito para descasar, arrumar a mala e até trabalhar. E espelho do banheiro tem luz de maquiagem. Ainda no banheiro, todos os produtos são L`Occitane, e ali ficam os roupões e a solução para o bad hair day: um secador potente. No armário, tem vários cabides e um ferro a vapor para não sair amassado pelas rua de Gramado. 

O minibar do quarto é bem recheado e livre para consumo. Pode beber tudo e comer as guleimas do armário, que não paga nada. Além disso, no checkin, todos os hospedes ganham uma tábua de doces feitos pelos chefs e um bilhetinho pessoal escrito a mão. E eu valorizo gente que escreve meu nome a mão! De noite, a camareira passa trazendo uma garrafinha de vidro com água para cada hospede e chocolate Prawer meio amargo para encerrar bem o dia. 

O Hotel Wood tem dois tipos de quarto: o duplo e quadruplo. Ficamos no duplo que é bem espaçoso e eu achei perfeito. O quadruplo é uma cama de casal e um móvel que se transforma em beliche, perfeito para uma família ou grupo de amigos. Nesse quarto maior, bem maior, tem banheira e na volta do espelho são musgos naturais. Muito lindo! 

A ARTE DO HOTEL DO WOOD 

Da mesmo forma que o projeto do Hotel Wood foi criado para valorizar o regionalismo e a memória da madeira, os detalhes também foram pensado e executados por artistas nacionais. O painel texturizado Topomorfose logo acima da lareira é da Heloísa Crocco, designer e artesã. Perto da adega, na parede, tem uma peça de lã, a Tapeçaria Xucra, de artista plástica Inês Schertel. Os pratos pintados que estão na parede da biblioteca, chamados de Caminhos e Fragmentos, são da artesã Neka Parmegiani. 

Aristeu Pires, designer, projetou as cadeiras do Wood Room e deu a elas o nome de Camila, já a poltrona do Lounge é a Ana. Mas é a Árvore da Hospitalidade, pintada a mão livre pelo ilustrador Renan Santos, logo na entrada do hotel, é que dá as boas vindas aos hospedes. 

Subindo para os quartos, as estampas das paredes, enxovais, portas dos apartamentos e almofadas foram todas desenvolvidas pela designer Valentina Peccin, inspirada na ideia que cada andar é uma árvore. E a artista plástica Patrícia Peccin, inspirada nas construções antigas de Gramado, foi quem pintou os quadros dos apartamentos. 

O CAFÉ DA MANHÃ DO HOTEL WOOD É UM EVENTO

Se dormir já é bom, começar o dia com um café da manhã especial é outra história. O conceito da cozinha é o slow food, que valoriza os pequenos produtores e a produção sustentável e orgânica. Isso significa que todos os pães e bolos são feitos ali mesmo, que os ingredientes vem de pequenas chácaras próximas e até os ovos são de galinhas felizes mimadas pelo produtor Eliezer. E o chef Marko Culau fez questão de nos mostrar a hortinha que ele mesmo cultiva. 

Não bastasse isso, ainda tem o menu especial feito na hora. Meu favorito foi o brioche com ovo molle e panceta frita, para comer com a mão sem culpa nenhuma. Comeria a qualquer hora do dia! Tem também outras opções, e eu recomento muito provar. E fotografar, porque é tudo lindo!  

WOOD LOUNGE BAR & RESTAURANTE

Se o café da manhã é bom, é claro que o almoço e jantar também é. E o melhor é que é aberto ao público. O menu é assinado pelo chef Rodrigo Bellora, conhecido pelo pioneirismo, ousadia e liderança no movimento slow food e ero quilômetro. A propósito, recomento conhecer o restaurante Valle Rústico

O menu é sazonal e dividido em nas seções “De lamber os lábios”, “Para comer com a mão”, “Para compartilhar com talheres” e “Doce fim”. Aqui não cabe frescuras e cerimônias. A comida é feita para comer, e comer bem. O que se vê são talheres de um lado para o outro e aquele sorriso de satisfação na turma. Sem comidas diferentes, sem coisas esquisitas. É alta gastronomia de raiz, de “encher a barriga”, com alimentos 100% orgânicos. Gosto desse tipo de lugar!

HOTEL WOOD EM GRAMADO

Se você é o tipo de viajante cosmopolita, que curte lugares modernos, cheios de design e também adora uns mimos, o Hotel Wood é o seu lugar.

  • Endereço: Rua Mário Bertoluci, 48 | Centro | Gramado | Rio Grande do Sul

  • Reservas: 54 3295-7575 / reservas@casadamontanha.com.br

  • Site: https://www.hotelwood.com.br

FIQUE LIGADO!

Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro!). Lembre-se que nem sempre o seguro saúde cobre outros estados. Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros. 

Marko Culau

Rodrigo Bellora

VEJA MAIS ARTIGOS! O blog está cheio de informações do Rio Grande do Sul! 

*Nossa hospedagem no Hotel Wood fez parte do projeto Blogueiros Viajantes.

JÁ CONHECE NOSSO FACEBOOK?

SEGUE NO INSTAGRAM @MONICAMORAS @EDUVIERO

VEJA MAIS