Nômade Digital: 9 Dicas Práticas para Começar 

Texto: MONICA MORAS  Fotos: EDUARDO VIERO

Se você quer se tornar um nômade digital é melhor planejar bem os seus passos. Existem muitas formas de ter esse estilo de vida, seja trabalhando remotamente, seja como freelancer, ou até mesmo entrando em projetos sob demanda. A grande vantagem é a mobilidade e administração do seu tempo. A desvantagem é que começar nunca é tão simples e fácil assim. Mas eu vou ajudar dando umas dicas bem práticas! 

Leia DEVO LARGAR TUDO E SEGUIR MEUS SONHOS?

9 DICAS: COMO COMEÇAR  NO NOMADISMO DIGITAL

1. TENHA CERTEZA DO QUE VOCÊ QUER

Nenhuma mudança é fácil, e quando isso envolver empreender ou mesmo ser dono do próprio tempo, existe tomar decisões difíceis e escolhas bem delicadas. No momento da decisão, você precisa estar confiante o suficiente para trabalhar até mesmo sem receber, porque você está certo que aquela é a mudança que precisa ser feita.

No caso de começar na vida nômade digital, você precisa definir o teu trabalho. O que você vai oferecer para as pessoas e o quanto esse produto / serviço vai ser importante para o público alvo. Leia 85 Ideias de Trabalhos para Nômades Digitais e Freelancers

2. COMECE COM DETERMINAÇÃO

É difícil explicar, mas começar, tomar uma atitude já meio caminho andado. Se você sabe para onde quer ir, precisa dar o primeiro passo mesmo que não saiba exatamente como fazer. Você nunca vai se sentir 100% confortável e confiante numa nova empreitada. Também não precisa ter todas as respostas, mas você precisa começar de alguma forma para então ver o caminho e inclusive saber se está na direção certa.

Se você está empreendendo e não entende nada de administração e Plano de Negócios, eu recomendo fortemente ler o livro O Segredo de Luísa da Fernando Dolabela. O livro é uma história didática com passo a passo para montar o seu plano de negócios e sua estratégia de vendas / prestação de serviços. Usei ele aqui pro blog. 

3. MONTE SEU CURRÍCULO E PORTFOLIO

Se você ainda não tem um currículo e um portfolio, faça isso o quanto antes. Se você não tem experiência ou ainda tem pouca, é melhor fazer alguns trabalhos de graça na parceira até seu portfólio ter conteúdo. Se sentir que já pode cobrar, mas não se sente confiante, pode cobrar pouco nos primeiros trabalhos. Lembre-se que sem um portfólio consistente e um currículo bem escrito, suas chances são bem pequenas. Veja o nosso Portfólio

DICAS PARA MONTAR SEU PORTFÓlio:

  • Faça os primeiro trabalhos na parceira (grátis) para amigos e conhecidos. Leia Como Foi Começar na Fotografia Profissional
  • Use trabalhos de faculdade, vídeos e textos do seu blog/ mídia social, ou qualquer coisa relevante dentro da sua área que já tenha feito. 
  • Entre em contato com ONG ou Projetos Sociais para se oferecer como voluntário ou cobrando uma valor simbólico. 
  • Não pare de treinar! Seja fotografia, fazer logos ou aulas de yoga pelo Skype. Não pare de praticar e se desenvolver. Leia Como Começou o Blog Eduardo e Mônica
nomade digital como começar

Leia NÔMADES DIGITAIS: GUIA PARA ACHAR TRABALHO REMOTO FREELANCER

4. DEFINA O SEU VALOR

Passado o tempo de montar o portfólio, defina o seu valor, o preço que você cobra pelo seu produtos / serviço. Você precisa levar em consideração:

  • O valor médio de mercado dos seus concorrentes diretos e indiretos.
  • Qual a disponibilidade financeira do seu nicho de mercado e quem são os seus possíveis clientes. 
  • O seu tempo investido trabalhando para o cliente e o quanto você já investiu para se desenvolver na área. 
  • Quão diferenciado você é em relação aos concorrentes: atendimento customizado, agilidade, qualidade, experiência em área específica, formas de atendimento, etc. 

DICAS DE PRECIFICAÇÃO:

  • Use a Calculadora Freelancer da 99Freelas ou a Calculadora Freela da Workana para descobrir o valor do seu tempo e consequentemente do seu serviço. 
  • Não se deixe levar pelos valores anunciados em sites de trabalhos para freelancers. Alguns são muito ruins e servem apenas para quem está começando e precisa ganhar mais experiência. 
  • Pergunte em grupos específicos quanto as pessoas cobram ou para profissionais mais experientes quanto eles te aconselham a cobrar. Aqui tem dicas de grupos. 
  • Se você também tem blog / mídia social, muito cuidado com as parcerias no modo permuta. Na maioria das vezes quem ganha é só o anunciante, já que o seu tempo pode ser muito mais valioso em trabalhos pagos. Exemplo: se você trabalha com vídeo e aceita uma permuta com um hotel, seu tempo no hotel tem que ser equivalente ao seu custo e tempo de produção e edição, seu lucro esperado e custos de divulgação para o seu público, independente do valor da diária. No final é sempre um trabalho pelo qual você poderia estar recebendo em dinheiro ao invés de diárias grátis. 
  • Escolha bem a sua forma de pagamento. Quando o cliente é internacional, sempre vai ter o problema das taxas de conversão, transferência e algumas taxas específicas de cada plataforma. Nós usamos Payoneer (ganhe créditos com nosso link), Paypal e Stripe, e uso está muito relacionado ao objetivo do recebimento e quem está pagando (moeda local do cliente). Mas considere também o Transfer Wise e o LeuPay.

5. NÃO TENHA MEDO DE SE RELACIONAR

A base de quase todos os negócios é relacionamento, networking. Pessoas conhecem pessoas, que confiam em pessoas, que conversam com pessoas. Mesmo que o seu trabalho não exija muita interação, você precisa estar presente. Às vezes é chato, é cansativo, mas é necessário. Muitas coisas que aprendemos e vivenciamos na viagem foi porque conhecemos alguém e tivemos tempo para aquela pessoa. 

DICAS DE COMUNICAÇÃO E PROATIVIDADE:

  • Mantenha-se atualizado na sua área.
  • Seja ágil nas respostas para potenciais clientes e clientes. Mantenha um orçamento semi-pronto ou uma tabela de preços sempre com você.
  • Peça referências quando não estiver certo do que o cliente quer e esteja a aberto a fazer possíveis alterações depois de entregar o produto/ serviço. O seu foco também precisa ser no foco no cliente. É assim que nasce a fidelização e crescem as indicações. Leia O Que É Ser Nômade Digital
  • Não tenha medo do boca a boca e não subestime o poder dos seus contatos. 
  • Se você atende clientes estrangeiros, você precisa ser muito bom pelo menos em inglês. Se dominar a língua local, já tem pontos extras. Veja nossa experiência Como é Morar na Tailândia 

6. NÃO TENHA MEDO DE FALHAR

Todo fracasso é uma forma de aprendizado. Às vezes é falta planejamento suficiente, às vezes é falta de experiência mesmo. Na hora do fracasso ao invés de se abalar, é melhor voltar um passo atrás, tentar entender o que possa ter dado errado e recomeçar fazendo de uma forma diferente, inclusive mudando a sua postura. 

7. MANTENHA O FOCO NO SEU OBJETIVO

Todos os dias tenha em mente o que você está fazendo e onde pretende chegar. Quando bater a dúvida nos momentos de cansaço ou de fracasso, você precisa ter em mente o seu propósito. Vai ter dias que vai dar vontade de desistir e que vai duvidar que tenha tomado a decisão certa. E vai ter dias que você vai agradecer infinitamente ao universo o tanto de coisa boa que aconteceu na sua vida. Apenas respire. Respire mais fundo e mais vezes sempre que bater o desânimo.  

nomade digital como começar

8. ESTEJA DISPOSTO A MUDAR

Agora que o portfolio está bonito, que você já fez uns contatos, que já está ganhando um dinheiro suficiente para cair na estrada enquanto trabalha (ou que o trabalho remoto seja flexível), é hora de pensar se está realmente pronto para abrir mão de mais coisas ainda, além da rotina do escritório. Esteja aberto a mudar de ponto de vista, de país, de estilo de vida. Nada lá fora é como a casa da gente, ninguém vai ser como “os nossos” (amigos, família, vizinhos, povo). 

Vai ter choque cultural, vai ter comida ruim, vai ter gente fria, vai ter atitudes erradas sob o seu ponto de vista cultural, vai ter horário diferente e vai ter solidão, porque não vai ter todo mundo para fazer aquele happy hour na sexta ou almoço de domingo. Ser nômade digital não é perfeito. Um dos pré-requisitos é maturidade emocional e muito desapego. 

Dicas práticas sobre lugares:

  • Escolha estar em lugares interessantes e inspiradores para o seu trabalho.
  • Pesquise como é a cena nômade, pois isso já ajuda bastante a conhecer pessoas. Mas também não se deixe levar por tendências, para não acabar num lugar que não tem a nada a ver com você. 
  • Veja os custos de vida e a estrutura de internet para a sua necessidade. 
  • Fique atento também a quanto a sua diferença de fuso horário vai influir no seu trabalho, para o caso de trabalhar remotamente ou ter que fazer reuniões. 
  • Se o seu negócio envolve envio de produtos, pense na logística e custos envolvidos. 
  • Não subestime o clima local. Fuja de lugares que não tem o clima que você não gosta para não se estressar. 
  • Tenha em mente que você vai precisar passar mais tempo nos lugares, ou vai cansar de ficar trabalhando e planejando os próximos destinos.

9. INVISTA EM VOCÊ

Não deixe a que o trabalho te consuma. Você deixou o emprego formal para viver a liberdade de trabalhar onde quiser. Não se afunde em trabalho sem aproveitar a vida. Tudo que precisa fazer é definir uma rotina de trabalho e um tempo de lazer. 

DICA DE PRODUTIVIDADE:

  • Se você percebe que está trabalhando demais e aproveitando de menos, talvez você esteja usando mal o seu tempo. Sugiro usar a técnica do pomodoro, que é definir espaços de tempo para trabalhar sem olhar internet, conferir email, sem nenhuma distração. Trabalhar para finalizar a meta. E definir pequenos períodos de descanso. Eu faço 30 minutos de foco e 5 minutos de descanso. Enquanto isso só mantenho abertas as abas que realmente preciso usar e o celular fica virado para baixo com o timer. 

RESUMINDO

Planeje! Planeje a vida nômade como um negócio (uma empresa) e o psicológico para estar na estrada trabalhando, enquanto a maioria está de férias. Tenha em mente o que te trouxe até aqui e que o seu melhor é mínimo que você pode oferecer. E jamais esqueça de respirar! Respirar mais fundo e mais forte.

Agora que você já leu tudo isso, é hora de botar em prática! Ser nômade digital também é 10% inspiração e 90% transpiração. Para facilitar as coisas, leia Nômades Digitais: Guia para Achar Trabalho Remoto Freelancer e também 85 Ideias de Trabalhos para Nômades Digitais e Freelancers

FIQUE LIGADO!

Vai viajar e trabalhar ao mesmo tempo? Não esqueça de fazer o Seguro Viagem! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito são até 12x sem juros. Se for ficar mais tempo fora, veja o seguro viagem da SEGUROS PROMO (Assist Card, com mais descontos) e WORLD NOMADS (renovável a cada 6 meses) que oferecem melhores condições de preço.

Leia NÔMADES DIGITAIS: GUIA PARA ACHAR TRABALHO REMOTO FREELANCER

PIN IT :) 

 

Nômade Digital: 9 Dicas Práticas para Começar 

 

Já conhece nosso Facebook?

VEJA MAIS